É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

segunda-feira, 28 de fevereiro de 2011

Entrando no Clima: Torta Caprese

Boa tarde, pessoal...

Gosto muito de navegar pelos blogs que estão na margem direita do meu blog, no guia VEJAM TAMBÉM...

São blogs sobre a Itália que eu respeito muito... de pessoas que já estavam na Web antes mesmo de eu cogitar a idéia de ter alguma página na Internet...

Um desses blogs é o da Tita in Trento - http://tita-in-trento.blogspot.com/ - que eu gosto muito devido a algumas particularidades... a forma como ela escreve é ótima: simples, objetiva e direta. Ela fala o que tem a dizer e é ótima, principalmente seus posts sobre viagens a outras cidades. Já li todos: Sorrento, Toscana, Siena, Capri... Sem comentar das ótimas fotos. Vale a pena navegar!

Voltando ao assunto... Percebi que esse final de semana, eu chegaria a 40.000 VISITAS NO BLOG (obrigado pelas visitas, meus amigos) e queria algo italiano para comemorar...

Vendo as atualizações do blog da Tita, vi esta foto...


E fiquei enlouquecido. Quem me conhece, sabe: sou louco por sobremesas de chocolate. Eu não sou muito fã do chocolate em barra, mas sobremesas... Nossa! Sorvete eu só tomo de chocolate, mousse: só de chocolate, bolo? Tem que ter recheios de chocolate... E quando mistura chocolate, amendôas, nozes... eu fico louco...rs!

Então, decidi: vou fazer a tal Torta Caprese (que eu nem sabia que existia... Só conhecia a Salada Caprese). Eu tinha uma dica da Tita: totalmente sem farinha. Descartei todas as receitas que continham este ingrediente...

E fui para a cozinha (o que isso significa sempre um desespero... até a minha mãe deu risada...rs). Mas, para tudo dar certo, fiz a receita corretamente: A receita dizia: 130g de manteiga. Eu pesava e colocava 130g de manteiga...

Eu tenho um defeito: quando vou para cozinha fazer algo, tenho a mania de colocar mais dos ingredientes que eu gosto. Por exemplo: se na receita tem 60g de chocolate, eu já coloco uma barra de 170g...rsrs. Claro que desanda tudo... rs

Terminei a massa e coloquei no forno...


E aqui está o resultado... Só não coloquei açúcar de confeiteiro, porque eu não gosto muito... só joguei um pouco de açúcar crystal... e também sem o chocolate derretido por cima pois achei que ficaria muito doce.



Minha opinião: MINHA NOSSA SENHORA, foi uma das melhores tortas que eu já comi... Ela quentinha, saindo do forno com café ficou uma delícia!!! Eu comi (sério) meia torta! Ela fica como um brownie, mas parecido com bolo. Quando eu triturei as amêndoas, eu deixei uns pedaços pequenos. Na hora de comer, você sentia as amêndoas... GENTE DO CÉU, façam!!! Não sobrou NENHUM pedaço...

Tita, agradeço plenamente... e quando eu chegar em Capri, já sei que vou engordar 15 quilos....rs.

sexta-feira, 25 de fevereiro de 2011

Atrações Turísticas - Veneza - San Marco - 04

Boa tarde, pessoal

Ainda não recebi nenhuma resposta da Cia. Aérea sobre minha passagem... Mas, vamos lá: não dá para parar não é?

Hoje vou fazer uma pausa sobre os hotéis e falar do Sestieri que - em minha opinião, baseado nas minhas pesquisas - é o mais importante de Veneza. O Sestieri de San Marco...

Porquê é o mais importante? Pois é neste Sestieri que se encontra a Basílica de San Marco, A Praça San Marco, o Campanário e o incrível Palácio dos Doges...

Antes de começar, vamos perguntar a nossa amiga Wiki o que ela tem a dizer sobre o Sestieri de San Marco...

Este sestriere limita a nordeste, oeste e sul com o Grande Canal. É vizinho do sestiere de Cannaregio estando separado pelo canal Fontego dei Tedeschi, e do sestiere de Castello no cruzamento deste último canal com o canal de la Fava. O limite segue por este até encontrar o canal de San Zulian e o Canal de Palazzo para passar entre o Palácio dos Doges e a prisão sob a Ponte dos Suspiros. Inclui ainda a ilha de San Giorgio Maggiore.

Principais atrações de San Marco:

A PRAÇA SAN MARCO
Endereço: Piazza San Marco
Transporte: San Marco
Site: -*-
Horário: -*-
Preço: -*-

A Piazza foi descrita por Napoleão como a "mais elegante sala de estar da Europa". Juntamente com os magníficos edifícios ao seu redor, a Praça é o ponto máximo de Veneza. Vamos as informações: A Praça de São Marcos (em italiano: Piazza San Marco) é a praça mais famosa de Veneza, e o seu principal destino turístico, com permanente abundância de fotógrafos, turistas e pombos. A piza foi iniciada no século IX como área pequena frente à Basílica de São Marcos original. Foi estendida para a sua forma e tamanho atuais em 1177, quando o Rio Batario, que a limitava a oeste, e um porto que tinha isolado o Palácio Ducal da praça, foram aterrados. A reestruturação foi realizada para o encontro do Papa Alexandre III com o Imperador Frederico Barba-Roxa. A praça tem sido sempre o centro de Veneza. Foi o local onde se deram todos os importantes eventos da história da República de Veneza, e é a base do arcebispado desde o século XIX. Foi o foco de muitos festivais e é um lugar imensamente popular em Itália.


BASÍLICA DI SAN MARCO
Endereço: Piazza San Marco
Transporte: San Marco
Site: http://www.basilicasanmarco.it/ 
Horário: 9:45 às 17h - Domingo: 14h às 16h
Preço: Ingresso Gratuito (eu AMO essa palavra)
 
A Basílica de São Marcos (Basilica di San Marco, em italiano) é a mais famosa das igrejas de Veneza, Itália, e um dos melhores exemplos da arquitetura bizantina. Localizada na Praça de São Marcos (Piazza di San Marco), ao lado do Palácio dos Doges, a basílica é a sede da arquidiocese católica romana de Veneza desde 1807. A primeira igreja construída no local foi um edifício temporário no Palácio dos Doges, construído em 828, quando mercadores venezianos adquiriram de Alexandria as supostas relíquias de São Marcos Evangelista. Em 832, um novo edifício foi erguido, no local da atual basílica; esta igreja foi incendiada durante uma rebelião em 976, reconstruída em 978 e, mais uma vez, em 1063, no que viria a ser a base do atual edifício.


CAMPANÁRIO DI SAN MARCO
Endereço: Piazza San Marco
Transporte: San Marco
Site: -*-
Horário: 9h às 21h
Preço: 8 euros

O Campanário de São Marcos é o campanário da Basílica de São Marcos em Veneza, situado na praça do mesmo nome. É um dos símbolos da cidade de Veneza. A torre tem 98,6 m de altura e fica num canto da praça, perto da entrada da basílica. As suas formas são simples, e o seu corpo principal é uma coluna de tijolos, de 12 m de lado e 50 m de altura, sobre a qual assenta o campanário com arcos, que aloja cinco sinos. O campanário tem no topo um cubo, em cujas faces estão representados leões (o símbolo do Evangelista São Marcos) e a representação feminina de Veneza (la Giustizia: a Justiça). A torre é coroada por uma agulha piramidal, no extremo da qual se encontra um cata-vento dourado com a figura do Arcanjo Gabriel. O campanário, de cuja construção inicial do século IX nada resta hoje, tem a forma atual desde 1514. A torre que se observa hoje é uma reconstrução, que foi terminada em 1912 depois do colapso ocorrido em 1902. Em julho de 1902, sobre a parede norte da construção, foi descoberta uma perigosa fenda que nos dias seguintes aumentou de tal modo que na manhã de segunda-feira 14 de julho às 9:47 o campanário se desmoronou. Não houve vítimas e, dada a posição da torre, os danos foram limitados em extensão. Durante a tarde o conselho comunal, reunido de urgência, decidiu a reconstrução com 500 000 liras para contribuir para os trabalhos. O sindicalista Filippo Grimani durante o discurso na ocasião da colocação da primeira pedra, em 25 de abril de 1903, pronunciou a famosa frase dov'era e com'era (onde estava e como era) que se converteu no lema da reconstrução. Os trabalhos duraram até 6 de março de 1912. O novo campanário foi inaugurado em 25 de abril de 1912 por ocasião da festa de São Marcos.


PALAZZO DUCALE - Palácio dos Doges
Endereço: Piazzetta
Transporte: San Marco
Site: http://www.museiciviciveneziani.it/frame.asp?musid=8&sezione=musei
Horário: 8:30h às 18:30h
Preço: 12 euros

O Palácio Ducal (em italiano: Palazzo Ducale), também conhecido como Palácio do Doge, é um símbolo da cidade de Veneza e uma obra-prima do gótico veneziano. Surge na área monumental da Piazza San Marco (Praça de São Marcos), entre a Piazzetta e o Molo. O palácio actual foi construído entre 1309 e 1424. Giovanni Bon e Bartolomeo Bon criaram a chamada Porta della Carta, um monumental portão em estilo gótico tardio na Piazzetta, ao lado do palácio. Antiga sede do Doge de Veneza e da magistratura veneziana, seguiu-lhes a história, dos alvores à queda, e é hoje sede do Museo Civico di Palazzo Ducale (Museu Cívico do Palácio Ducal). O Palácio foi a residência do Doge de Veneza e contém os escritórios de várias instituições políticas, organizados ao redor de um pátio central. O primeiro andar foi ocupado por escritórios de advocacia, a Chancelaria, os Censores e o Escritório Naval. No segundo andar estavam a Grande Câmara do Conselho, a Câmara de Votação e os apartamentos do Doge. O terceiro piso apresenta a Sala del Collegio, adornada com pinturas, incluindo as de vários Doges e a do Lepanto, de Paolo Veronese, onde os embaixadores estrangeiros eram recebidos. Há salas usadas por corpos governamentais e também uma Câmara Bussola, onde os cidadãos podiam submeter as suas reclamações. Talvez a sala mais espetacular seja a Câmara do Grande Conselho ou Sala del Maggior Consiglio, originalmente a sala de reuniões da legislatura. A sala é ladeada por pinturas de antigos Doges e o enorme Paraíso, de Tintoretto, considerada a maior pintura do mundo em tela. Outra grande sala é a Sala dello Scrutinio, com outras pinturas de Doges e o quadro Batalha de Lepanto, de Andrea Vicentino. Na parte traseira do palácio está a Ponte dos Suspiros, anexa à prisão. Além disso, podemos observar no Palácio a "Escada de Ouro", projectada por Jacopo Sansovino, um famoso arquitecto e escultor do Renascimento Italiano.



Um giro de 360º da Piazza San Marco, com a Basílica, o Campanário e o Palazzo Ducale: http://www.virtualemotion.com/gal2.aspx?language_id=2&n=149 (noite)
http://www.italyguides.it/us/venice_italy/doge_s_palace/doge_s_palace.htm (dia)

O Sestieri de San Marco compreende a ilha de San Giorgio Maggiore. Nesta ilha, encontra-se a Basílica de São Jorge Maior (Sano Giorgio Maggiore).

SAN GIORGIO MAGGIORE
Endereço: San Giorgio
Transporte: San Giorgio
Site: http://www.cini.it/index.php/
Horário: De segunda a sábado: 9h às 12:30h - 14:30h às 18:30h; Domingo: 9:30h às 10:30h - 14:30h às 18:30h.
Preço: -*-

A Basílica de São Jorge Maior (em italiano: Basilica di San Giorgio Maggiore) é uma basílica na pequena ilha de San Giorgio Maggiore, frente à Praça de São Marcos, em Veneza. Faz parte do mosteiro homónimo. Ambos foram construídos pelo arquiteto de Vicenza, Andrea Palladio, sendo uma das suas obras mais destacadas. A igreja tem a fachada virada para o Bacino di San Marco. A fachada é em forma de templo clássico, com uma só entrada, com quatro colunas compostas sobre altos plintos, com um entablamento por cima onde se sustem um tímpano clássico. A solução inventada por Palladio para esta fachada é fantasiosa e é uma contribuição original para a resolução de um dos problemas mais sentidos pelos arquitectos renascentistas, que era o de encontrar o modo de dotar um aspecto inspirado no templo clássico a um edifício tripartido como a igreja cristã de três naves. O sereno interior de proporções perfeitas também é típico de Palladio. O edifício ficou terminado em 1576, enquanto a fachada se completou em 1610 por Vincenzo Scamozzi, trinta anos depois da morte do mestre. Aqui estão os últimos quadros de Tintoretto: A Última Ceia (1592-1594), Recolha do Maná (1594) e A Deposição (1592-94). As duas primeiras encontram-se nas paredes do presbitério, e a última na capela dos mortos.


Fotos e informações para os textos: Wikipedia.com

quinta-feira, 24 de fevereiro de 2011

BOMBA!!! Cia. Aérea quer trocar minha passagem

Boa tarde, pessoal...

Acabei de receber um email nem um pouco legal...

A Cia. Aérea quer trocar minha passagem...

Eu comprei a passagem para dia 28 de julho pela manhã. O hotel perto do Aeroporto de Roma já está reservado. Toda a minha programação prévia está feita...

Agora, eles querem trocar para saída no dia 27 de julho, às 16:25 (meu dia em Nápoles) - chegando em Madrid às 18:30h e uma espera até as 2h da manhã (6h e 30m) pelo meu vôo de retorno.

A justificativa foi que em Julho a procura é grande. Eu já comprei antecipadamente por isso... e quando efetuei a reserva, esta opção de vôo existia...

Já avisei: não posso trocar minha programação. Eu já comprei a passagem, já paguei e quero retornar dia 28.

Vamos aguardar e ver o que a Cia. Aérea vai informar...

Mas, confesso: fiquei um pouco preocupado... Não quero trocar justamente o final da viagem.

OBS: Como diz minha amiga: "Cia. Aérea e Empresas de Telefone celular deveriam casar e ter filhos chamados "falta de respeito com o consumidor".

Hotel em Assis - RESERVADO

Boa tarde, pessoal...

A lista das cidades para hospedagem:
- MILÃO;
- VERONA;
- VENEZA;
- FLORENÇA;
- ASSIS; neste post.
- ROMA;
- SORRENTO;

Por que coloquei Assis no meu roteiro? Por duas razões: 1) A cidade é muito bonita... 2) Chegarei de Florença (que acredito: vai ser bem cansativo) e a próxima cidade será Roma (cansativa também). Então, coloquei Assis como uma pausa tranqüila entre as duas grandes cidades...

Então, escolhi um hotel confortável para este retiro...

LE GRAZIE HOTEL - http://www.legraziehotel.com/

Comentários:
Venere: http://www.venere.com/hotels/assisi/hotel-le-grazie/#reviews
Booking: http://www.booking.com/hotel/it/le-grazie.html?selected_currency=EUR&label=gog235jc&sid=aeb565eda5b441f9729dcb99a714c4f6&dva=0&lang=pt-br

LOCALIZAÇÃO: 400M da Estação de Trem


PREÇO: 54 Euros por uma diária em quarto duplo. (gostei muito...rs)

FOTOS:


Fotos e mapa do site do Hotel.

quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Hotel em Florença - RESERVADO

Boa tarde, pessoal

A lista das cidades para hospedagem:
- MILÃO;
- VERONA;
- VENEZA;
- FLORENÇA; neste post.
- ASSIS;
- ROMA;
- SORRENTO;

Hoje, vou postar sobre o hotel reservado em FLORENÇA

B&B LOCANDA DI FIRENZE - http://www.locandadifirenze.com/

Também foi muito difícil, pelas diversas opções e altos preços em Florença... Mas, achei este muito interessante... Reservei o último quarto! Sorte!

Comentários no Venere.com: http://www.venere.com/bandb/florence/bandb-locanda-di-firenze/?ref=866195#reviews

LOCALIZAÇÃO:


PREÇO - 294 Euros por seis diárias em quarto duplo - 49 Euros por dia (bom né???? rs)

FOTOS:


Fotos do site do Hotel.

terça-feira, 22 de fevereiro de 2011

Hotel em Verona - RESERVADO

Bom dia, pessoal...

Segunda hospedagem reservada: Verona...

A lista das cidades para hospedagem:
- MILÃO;
- VERONA; neste post.
- VENEZA;
- FLORENÇA;
- ASSIS;
- ROMA;
- SORRENTO;

Confesso: eu imaginei que lugares como Roma, Florença e Veneza dariam mais problemas para encontrar acomodações boas e baratas... Engano! Foi nas cidades base menores - como Verona - que foi um problema.

Minha regra principal: hospedagem perto da estação de trem. É cansativo demais chegar - já cansado - de viagem e ainda atravessar toda a cidade atrás do Hotel.

Verona me cansou... rs! Olhei todos os hotéis, rua por rua, benefícios, transporte, PREÇO, dezenas de trocas de emails com hotéis, albergues, etc... Não conseguia achar nada por menos de 70 euros por um quarto duplo... Detalhe: Vários já estão com as vagas esgotadas até agosto... e eu comecei a ver em fevereiro... Então, fica a dica: quanto mais cedo, melhor...

Mas, consegui: Em Verona eu reservei o Bed and Breakfast

IL GUIRO - http://www.ilghiro.net/

Comentários do TripAdvisor: http://www.tripadvisor.com.br/Hotel_Review-g187871-d1050981-Reviews-B_B_Il_Ghiro-Verona_Veneto.html#REVIEWS

LOCALIZAÇÃO:

A 10 minutos a Estação de Trem e a 15 minutos do Centro de Verona.

PREÇO: 180 Euros por três diárias em quarto duplo - 60 Euros por dia (o melhor custo/benefício que encontrei. Havia outro por 55 Euros a diária mas, somando bilhete de ônibus, etc... não compensava).

FOTO:

Foto e mapa do site do Il Ghiro. 

segunda-feira, 21 de fevereiro de 2011

Hotel em Veneza - RESERVADO

Boa tarde, pessoal...

A lista das cidades para hospedagem:
- MILÃO;
- VERONA;
- VENEZA; neste post.
- FLORENÇA;
- ASSIS;
- ROMA;
- SORRENTO;

Há algumas semanas, comecei a via crúcis para encontrar hospedagem...

Expliquei como fazia a pesquisa na internet aqui: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/01/como-estou-procurando-hospedagem.html

Ainda tenho uma vantagem: como vamos em duas pessoas, encontrar quarto duplo é muito mais vantajoso que encontrar quarto - ou albergue - para estadia individual...

Mas, consegui! E mais uma etapa da viagem foi cumprida... Aos poucos, vou postando os hotéis reservados...

Começo com o de Veneza:

HOTEL CANEVA - http://www.hotelcaneva.com/albergo.html

Para ver os comentários no Booking: http://www.booking.com/hotel/it/caneva.pt-br.html

LOCALIZAÇÃO:


PREÇO: 150 Euros para três diárias em quarto duplo - 50 Euros por dia (o melhor preço custo/localização que eu encontrei - para Veneza, nesta época, é um achado).

FOTO:

Foto: do site do hotel.

domingo, 20 de fevereiro de 2011

O Carnaval de Veneza...

Bom dia, Pessoal...

E hoje, domingo, acordei 6:30 da manhã... Eu não me lembrei que acabou o horário de verão... Mas, tudo bem... aproveitei para colocar as pesquisas em dia...

Começou ontem uma das maiores festas do mundo: o Carnaval de Veneza. Este ano, a festa começou dia 19 de fevereiro e vai até dia 08 de março.

Mas, como começou tudo isso Wiki?

O Carnaval de Veneza surge a partir da tradição do século XVII, onde a nobreza se disfarçava para sair e misturar-se com o povo. Desde então as máscaras são o elemento mais importante deste carnaval. Há no entanto registos de folguedos carnavalescos de 1268.

A festa carnavalesca de Veneza tem duração de 10 dias. Durante as noites realizam-se bailes em salões e as companhias conhecidas como compagnie della calza realizam desfiles pela cidade. Entre as mais conhecidas estão Os Antigos e Os Ardentes.

Os trajes que se usam são característicos do século XVIII, e são comuns as maschera nobile, ou seja, máscaras nobre, caretas brancas com roupa de seda negra e chapéu de três pontas. Desde 1979 foram sendo somadas outras cores aos trajes, embora as máscaras continuem a ser brancas, prateadas e douradas.

Em 1797 Veneza passou a fazer parte do Reino Lombardo-Véneto, quando Napoleão Bonaparte assinou o tratado de Campo Formio. No que respeita ao Carnaval, os festejos foram proibidos. No ano seguinte os austríacos tomaram conta da cidade.

Os festejos só foram restabelecidos em 1979 de forma oficial, após quase dois séculos de ausência. Desde então a festa faz-se nos dias antes da Quaresma.

Para ver o calendário oficial e notícias sobre o Carnaval, clique aqui:
http://www.carnevale.venezia.it/

Outro site legal é o:
http://www.venezia.net/blog-eventi/category/carnevale-2010/

E aqui para ver fotos fantásticas das fantasias:
http://www.youtube.com/watch?v=T8LQiaB1JsU



Fotos: Wikipedia

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Passaporte

Bom dia, meus amigos...

Ontem paguei a taxa para renovação do meu passaporte.
Um lembrete que não pode ser esquecido: para fazer o passaporte, você precisa AGENDAR um horário para atendimento. Então, lembre-se: se você precisa viajar logo, cheque seu passaporte... Eu preenchi o cadastro no site da Polícia Federal e só consegui vaga para atendimento para final de março. Se você precisar do seu passaporte com URGÊNCIA, você terá que fazer um requerimento explicando o motivo - e bem embasado.

Procedimentos - Passaporte:

Documentação necessária: http://www.dpf.gov.br/servicos/passaporte/documentacao-necessaria/documentacao-para-passaporte-comum/documentacao-para-passaporte-comum

Preencher o formulário: http://www7.dpf.gov.br/sinpa/inicializacaoSolicitacao.do?dispatch=inicializarSolicitacaoPassaporte&UF=DF&CD_MUNICIPIO=9701&CD_LOTACAO=274

Agendar o atendimento: http://www7.dpf.gov.br/sinpa/jsp/agenda/agendamento/paginaInicial.jsp

Emitir a GRU e efetuar o pagamento - R$ 156,07.

Após o atendimento, o passaporte será entregue em 6 - seis - dias úteis.

Mais informações no site da Polícia Federal - http://www.dpf.gov.br/


segunda-feira, 14 de fevereiro de 2011

Atrações Turísticas - Veneza - Dorsoduro - 03

Boa tarde, meus amigos...

Voltando com nossa programação normal, iremos falar do bairro DORSODURO.

Antes, uma observação: quando você entra na internet e digita Veneza em qualquer site de busca, milhões de atrações aparecem... Igualmente nos guias: você abre e uma grande parte é dedicada à cidade das águas. Como comentei, estou colocando as atrações principais... Se eu fosse ficar uma semana em Veneza eu postaria tudo... Mas, são apenas três dias... E quero conhecer Veneza a pé e não ficar boa parte do dia dentro de atrações turísticas. Claro, são importantes mas, neste caso, o primordial é a cidade...

No bairro de Dorsoduro, posso mencionar dois pontos importantes: A Accademia e a coleção da Peggy Guggenheim...

Mas, antes vamos conhecer mais um pouco sobre o bairro Dorsoduro? E quem convidamos para elucidar os pontos principais deste Sestieri? Nossa amiga Wiki, para quem não conhece, é o site da Wikipedia...

Dorsoduro é o sestiere mais meridional de Veneza. Fica a sul dos sestieri de Santa Croce e San Polo, englobando as ilhas situadas do outro lado do canal da Giudecca, à exceção da ilha de San Giorgio Maggiore que pertence ao sestiere de San Marco. O seu nome provém da natureza do terreno, mais duro que as terras envolventes. A norte, o sestiere está separado do de Santa Croce, e, de oeste para leste, pela sequência dos canais Scomenzera, Santa Maria Maggiore, Rio Nuovo, Malcantòn, Ca' Foscari e San Pantalòn. O canal da Frescada separa-o do sestiere de San Polo até ao Grande Canal. O limite do sestiere segue o Grande Canal até à Alfândega de Veneza. Atravessando o canal da Giudecca, o sestiere compreende igualmente as ilhas da Giudecca, de Sacca Fisola e de Sacca San Biagio na ponta ocidental da Giudecca.

Obrigado, Wiki... Agora, vamos conhecer os dois pontos que mencionei de Dorsoduro:

ACCADEMIA
Endereço: Campo della Carità, Dorsoduro n. 1050 - Venice
Tranporte:
Site: http://www.gallerieaccademia.org/sito/home.html
Horário: Segunda - das 8:15h às 14h; Terça a domingo - das 8:15h às 19:15h
Preço: 6,50 euros. Você pode comprar pela internet. Veja o site acima.

A Accademia é um museu e galeria de arte especializada em arte pré-XIX em Veneza, Itália, situado na margem sul do Grande Canal. A L'Accademia di Belle Arti di Venezia foi fundada em 1750 pelo Senado Veneziano como sendo a escola de pintura, escultura e arquitetura de Veneza. É conhecida simplesmente como Accademia. Seu primeiro presidente foi Giambattista Piazzetta, junto com o conselheiro Giambattista Pittoni. A intenção era reproduzir a mesma Accademia que já existia em outras cidades, como Roma (Accademia di San Luca), Milão e Bolonha (Accademia Clementina). Foi a primeira instituição a estudar a restauração de obras de arte em 1777. Entre seus professores estiveram Tiepolo, Hayez, Arturo Martini, Carlo Scarpa e Emilio Vedova. A Accademia apresenta obras de vários artistas, entre eles: Gentile Bellini, Giovanni Bellini, Bernardo Bellotto, Canaletto, Carpaccio, Giulio Carpioni, Rosalba Carriera, Cima da Conegliano, Fetti, Luca Giordano, Francesco Guardi, Giorgione, Johann Liss, Charles Le Brun, Pietro Longhi, Lorenzo Lotto, Mantegna, Michele Marieschi, Antonello da Messina, Piazzetta, Giovanni Battista Pittoni, Preti, Giambattista Tiepolo, Tintoretto, Tiziano, Veronese (Paolo Caliari), Vasari, Leonardo da Vinci, Alvise Vivarini e Giuseppe Zais.



COLEÇÃO PEGGY GUGGENHEIM
Endereço: 704 Dorsoduro, I-30123 Venezia
Tranporte:
Horário: De Quarta a Segunda - 10h às 18h - Fechado nas Terças-feiras
Preço: 12 euros. (Caro né?) Você pode comprar pela internet. Veja o site acima.

A Coleção Peggy Guggenheim é um pequeno museu no Grande Canal, em Veneza, Itália. É um dos vários museus da Fundação Solomon R. Guggenheim. Contendo principalmente a coleção pessoal de arte de Peggy Guggenheim (1898-1979), ex-esposa do artista Max Ernst e sobrinha de Solomon Robert Guggenheim, este museu abriga uma coleção um tanto pequena e mais idiosincrática que as dos outros museus Guggenheim. Entretanto, os trabalhos expostos incluem alguns dos proeminentes modernistas americanos e futuristas italianos. As peças da coleção abrangem o cubismo, o surrealismo e o expressionismo abstrato. Estes incluem notáveis obras de Pablo Picasso, Salvador Dalí, Magritte, Constantin Brancusi (incluindo uma escultura da série "Bird in Space") e Jackson Pollock. A coleção está no Palazzo Venier dei Leoni, um inacabado palácio do século XVIII que nunca foi construído além do térreo. Em uma sala, o museu exibe algumas pinturas de sua filha Pegeen Vail. Nos pátios entre os principais edifícios há jardins que abrigam uma extensa coleção de obras. A Coleção Peggy Guggenheim é o mais importante museu italiano de arte americana e européia da primeira metade do século XX. A própria Peggy está enterrada nos Jardins do Palácio.

Textos e segunda foto: Wikipédia

Encontrei duas fotos da Peggy que eu tinha que colocar aqui...rs. São dos sites http://nspotted.tumblr.com/ e http://artpaulafaddul.blogspot.com/2011/01/museu-peggy-guggenheim.html. Como diria uma amiga, "um luxo só..." rsrsrs



domingo, 13 de fevereiro de 2011

30.000 VISITAS!!!

Bom dia, pessoal... um ótimo domingo a todos!

E, para mim, muito melhor ainda, comemorando as 30.000 visitas no blog...

Agradeço a todos pelas visitas!

Grande abraço.

sábado, 12 de fevereiro de 2011

Dinheiro... Dúvidas???

Bom dia, minha gente...

Hoje, comentaremos uma grande dúvida dos viajantes: como levar dinheiro? Como já comentei aqui no blog, a moeda na Itália é o Euro... http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Pre%C3%A7os%2FEuros

Mas, algumas dúvidas são freqüentes: "Quanto levar?", "Onde comprar?", "Como levar?"...

Neste post - http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Pre%C3%A7os%2FEuros - eu respondo quanto é o mínimo de dinheiro que você precisa levar para não ter problemas para entrar no país.

Onde comprar?
- Casas de câmbio - você encontra em Shoppings Center ou Centros comerciais. Dica: Você vai precisar dos seus documentos para preencher um pequeno cadastro. Para quantias maiores que 1.000 euros, você precisa reservar (de acordo com as regras da Casa). Não esqueça de exigir o seu recibo de compra de Euros e guarde muito bem ele... Pessoas, após a compra, já jogam o recibo fora... E se alguém perguntar como você conseguiu aquela quantia de Euros???
- Bancos - De acordo com as regras de cada banco, você poderá comprar Euros. Mas, fique atento as taxas de compra! Já vi diferenças de arrepiar os cabelos de um banco para o outro.
- Cambistas - Bemmmm... aqui, você decide. Se optar por essa, lembre-se: não possui recibo válido e as chances de algumas notas falsas aparecerem é grande.

Lembre-se:
- Mesmo que você leve apenas cartão de crédito, é recomendável levar um pouco de euros em espécie para os primeiros gastos e evitar as altas taxas de câmbio nos aeroportos ou em casas especializadas no outro país.
- Falando em cartão, preste atenção nas taxas do seu banco para compras internacionais. Cartões de créditos são aceitos na grande maioria de estabelecimentos na Europa. Olha o IOF: 2,38%.
- Você pode sacar dinheiro nos diversos caixas eletrônicos diretamente da sua conta no Brasil. Mais uma vez: consulte as taxas do seu banco.

Como levar?
Várias pessoas ficam receosas em como levar o dinheiro. Algumas levam dentro de bolsas amarradas no peito (money belt), outras levam cartão com senha... e assim por diante. Mas, preciso contar uma dica boa...rs: Conversando com um amigo que estava indo para a Europa "mochilar", ele disse que não queria os meios freqüentes para levar o dinheiro. Em sua opinião, os ladrões já sabiam de todos eles... ok, eu concordo que é paranóia demais. Para encurtar a conversa, eu disse: "Faça como aqui no Brasil, leve na cueca...". Ele pensou e a conversa foi encerrada. Quando ele voltou, perguntei como ele levou o dinheiro: "Segui sua dica..."; "Que dica?", "Levei na cueca...", "Como assim?", "Mandei uma costureira fazer um bolso dentro de três cuecas... Levei uma carteira com um pouco de dinheiro... Se me assaltassem, o ladrão pegaria a carteira e não desconfiaria que eu estava escondendo alguma coisa... Ele poderia me deixar de cueca e eu ainda estaria com o dinheiro". Ok, então tá...

Mas, você não precisa fazer um bolso na sua cueca ou na sua calcinha... Veja outras opções:

- Traveller check - Cheque de viagem: é uma opção que está caindo em desuso pois são poucos lugares que aceitam. São parecidos com folhas de cheque, que você pode trocar pela moeda local ou utlizar em algum estabelecimento comercial. Não possuem validade, ou seja, se sobrar algum você poderá utilizar em uma próxima viagem. Ele possui dois campos de assinatura: a primeira é feita no ato da compra do talão e a segunda na hora da compra. CUIDADO para não assinar no segundo campo: é como se você andasse com um cheque em branco assinado. VERIFIQUE AS TAXAS: alguns estabelecimentos cobram comissão para troca de travellers. Se optar pelos Traveller, na hora da compra, consulte sobre o seguro contra roubo, perda ou furto e preste atenção nas regras a serem seguidas nestes casos. Dica: uma tática comum entre os ladrões é furtarem uma folha do meio do talão, para que a pessoa não perceba. Veja constantemente os números e séries dos cheques e faça um controle. Antes de comprar: mais uma vez, VERIFIQUE AS TAXAS e veja se é mais vantajoso.

- Visa Travel Money: Pelo que eu pesquisei, é a opção mais usada no momento. É um carão pré-pago protegido por senha, que pode ser utilizado em caixas eletrônicos, estabelecimentos comerciais, hotéis... E o melhor: pode ser recarregado, possui uma assistência 24h em português e com consulta de saldos online pela internet. Você pode ter mais do que um cartão, com senhas diferentes, da mesma quantia armazenada. Em caso de perda ou roubo, a Central do Visa providenciará a reposição. Se você não utilizar todo o dinheiro, poderá sacar - em reais - quando retornar ao Brasil. Again: VERIFIQUE AS TAXAS. Visa: http://visa.com.br/conteudo.asp?pg=1340. Mas, aviso: já li relatos de cartões que deram falhas ou travaram.

Creio que, a melhor opção mesmo é levar dinheiro vivo BEM GUARDADO...

Agora, você pode escolher: Money Belt, Traveller Check, Visa Travel Money ou... levar na roupa de baixo.


Money Belt da Centauro.

sexta-feira, 11 de fevereiro de 2011

Dica - Documentos...

Quando eu fui para a Espanha, li alguns relatos que me deixaram um pouco assustado...
Algumas pessoas não passaram do aeroporto, pediram documentos, etc...

Então, como precaução nunca é demais, levei tudo impresso...

Estou fazendo o mesmo com a Itália: peguei uma pasta - dessas com plásticos - e tudo que é possível está ou estará lá:
- Reservas de hotéis IMPRESSAS e no meu email;
- Seguro viagem IMPRESSO;
- Dados da passagem - IMPRESSO - com dados da agência;
- Todos os recibos das minhas compras de Euros no Brasil (quando você compra euros em casas de câmbio, eles fazem um pequeno cadastro, com seu nome, endereço, etc... que sai impresso nos recibos);
- Informações pessoais
- Xerox dos documentos
- Xerox do passaporte
...
...

E, se mesmo assim você ficar inseguro, coloque exames, mapa astrológico, etc...

Quando você chegar no país, pode ser que eles nem olhem e peçam nada... massssss, podem pedir tudo... e você já estará preparado!



Minha pasta...

Entrando no clima de Veneza LITERALMENTE!!!

Lembram que eu comentei sobre a "água alta" - Acqua Alta em Veneza?
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/01/acqua-alta-as-inundacoes-em-veneza.html

Hoje, com toda essa chuva que está caindo em alguns estados, tive o prazer de treinar, caso aconteça inundações em Veneza, na garagem do meu prédio...



A água chegou na metade da canela...
Se é para entrar no clima, vamos escancarar, não é?

Filas, filas, filas... e mais filas!!!

Bom dia, pessoal... (este post é dedicado a uma grande turista: Lilian Carvalho - Visitante de Honra do blog)

Você está andando pelas belas ruelas de Veneza em direção a uma grande atração... de repente, você olha para um lado: turistas... olha para o outro: turistas... para trás: mais turistas... para frente: centenas de turistas... Um enxame, um formigueiro...

A Itália é um grande país turístico e cidades como Veneza, Florença e Roma são verdadeiros potes de mel para o enxame de milhões de turistas que visitam estas cidades durante todo o ano...

Tem algum jeito de conhecer as atrações sem pegar filha??? Não, definitivamente não tem... Ah, desculpe, tem um jeito sim: se você tiver uma conta bancária de fazer inveja a grandes milionários, com certeza você não enfrentará nenhuma... Mas, não é o meu caso...  ainda (coloquei o AINDA porque tenho grandes esperanças... rs).

Se você escapar de uma fila, com certeza vai pegar outra em outro ponto turístico. E, Lei de Murphy: parece que a próxima é maior que a primeira. O que você pode fazer? Nada... Como diria minha avó: "Você gosta de comer peixe??? Primeiro: tire as espinhas..." Uma sugestão é amenizar esse problema com algumas dicas que, por experiência própria e de outros viajantes, creio que sejam interessantes:
- Tente, ao máximo, pesquisar se as grandes atrações (as mais procuradas) possuem venda de tickets pela internet. Isso facilita muito porque você não precisará ficar na fila para comprar o ingresso. Sempre que eu achar essas informações (e eu estou procurando MESMO, porque fila é dose...), postarei juntamente com a atração nos posts sobre ATRAÇÕES TURÍSTICAS.
- Levante cedo: vá pra o monumento antes de abrir... você terá mais oportunidades de conseguir o ingresso mais rápido.
- Uma grande opção: os Cards turísticos... Todas as cidades que possuem cards eu estou postando aqui no blog. Com eles, já é metade da Via Crucis cumprida.

Mesmo com essas dicas, você - infelizmente - vai ter que aguardar em uma fila imensa... Vamos lá:
- Se você estiver sozinho, puxe papo... Treine a língua local ou outra, como o inglês, etc... Você já pode fazer uma grande amizade ou encontrar o amor da sua vida...
- Leve revistas, roteiros ou guias sobre o lugar... Enquanto você está na fila, você pode absorver todo o conhecimento do lugar que você irá visitar ao vivo... Muito melhor, não é?
- Se você não gosta de conversar, leve o Ipod... escute música!
- Tome um Gelatto!
- Lembre-se: tem pessoas em situação pior: o último da fila! (Maldade...rs)
- É horrível o que eu vou dizer, mas sei que todo mundo faz: repare nas pessoas (discretamente). Olhe as roupas, o estilo, o comportamento... é legal, distrai e o tempo passa voando!
- E, por favor: NÃO TENTE FURAR FILA!!! É muito feio... Sem comentar que alguém pode te dar uma bela bronca e você terá que ficar na fila com todo mundo te olhando com cara de "olha o furão mal educado".

Não estrague seu passeio por isso. Lembre-se: ficar brabo, estressado ou querer explodir o monumento de tanta raiva, não mudará a situação: a fila continuará, o mundo irá girar e (graças a Deus) o sorvete será produzido... ou seja, quem decide é você!

E se optar pelo mau humor, quem sairá perdendo? Você ou a fila?

Abraços... Ah! Deixo vocês com umas fotos das filas para entrar no Museu do Vaticano só para sentirem o clima... O caminho é árduo, a Via Crucis é dura... mas, pelo que já sabemos: vale a pena!!!


quinta-feira, 10 de fevereiro de 2011

A Ponte Rialto, a Ponte dos Suspiros e outras pontes...

Boa tarde, pessoal...

Eu pensei em postar estas duas atrações de Veneza juntamente com os posts sobre atrações turísticas... Mas, pela sua grande visibilidade e importância, creio que merecem um post unicamente para elas...

A PONTE RIALTO

Em todos os Guias e sites que - até o momento - pesquisei sobre Veneza, ela está lá... em destaque! Creio que, juntamente com a Piazza San Marco e a Basílica, a Ponte Rialto forma a tríade de maior desejo para os visitantes admirarem. O nome vem de rivo alto (margem alta) e ela foi, por muito tempo, a única maneira de atravessar o Grande Canal de Veneza... Em 1854, foi construída a ponte da Accademia para auxiliar esta grande atração turística na passagem de milhões de visitantes.

Voltando no tempo: com o crescimento do bairro Rialto - antigo bairro de bancos e depois de mercados - em 1588 foi projetada uma sólida ponte de pedra para ligar as duas margens do grande Canal. A ponte foi construída entre 1588 e 1591 para substituir a antiga ponte de madeira, que não aguentou o desgaste, ataques e a desmoronamentos, devido ao excesso de peso.

O desenho foi de Antonio da Ponte (nome sugestivo) que ganhou um concurso públido em 1587 que, por incrível que pareça, ganhou de mestres como Michelangelo e Andrea Palladio, que apresentaram projetos muito clássicos, o que não foram considerados apropriados para a época. O projeto de Antonio foi simples, baseado em apenas um arco, onde duas rampas inclinadas cruzam-se em um pórtico central.

Atualmente, continua a ser um dos pontos mais movimentados da cidade, juntamente com seu agitado mercado.

OBS: Encontrei uma piada, daquelas que você fica olhando com cara de "que coisa mais boba" para a pessoa que conta, sobre a ponte: "Qual é a ponte mais feliz de Veneza? A que Ri Alto"... Dããrrr


PONTE DOS SUSPIROS - Ponte dei Sospiri

Por incrível que pareça, esta ponte me espantou: eu imaginava que o nome era devido aos grandes suspiros e divagações românticas que aconteciam na cidade ou a uma grande história de amor que se concretizou na ponte... que nada!!! A história é mórbida mesmo... Dizzzz a lenda que este nome é proveniente dos suspiros (pegou o link???) dos prisioneiros que, atravessando-a, admiravam pela última vez o mundo exterior...

Prisioneiros??? Sim, prisioneiros... A ponte foi construída em 1602 para unir o Palazzo Ducale e a prisão local - a Prigioni Nove, o primeiro edifício do mundo construído para ser uma prisão. E quem foi responsável pelo projeto? Antonio Contino, sobrinho do Antonio da Ponte.

OBS: Não encontrei nenhuma "piada" sobre esta ponte...


PONTE DELLA LIBERTÁ

Sobre a ponte que liga a parte continental a Veneza - ilha já comentei aqui:

Uma curiosidade sobre a Ponte della Libertá é que Benito Mussolini a inagurou em 1933 com o nome de "Ponte Littorio". Após a Segunda Guerra Mundial, o seu nome foi mudado para "Ponte da Liberdade" em memória da libertação do fascismo.

PONTE DOS DESCALÇOS

Confesso que adorei este nome...rs. A Ponte dos Descalços, juntamente com a Ponte Rialto, a Ponte da Academia e a Ponte da Constituição, são as únicas que atravessam o Grande Canal. Também é designada Ponte da Estação ou Ponte da Ferrovia devido à proximidade à estação ferroviária de Santa Lúcia. A construção começou a 4 de maio de 1932 segundo projeto do engenheiro Eugenio Miozzi (1889-1979). Foi inaugurado a 28 de outubro de 1934. É uma ponte de um único arco de pedra Ístria (mineral típico da região). Substituiu uma anterior ponte em ferro construída em 1858.


PONTE DA CONSTITUIÇÃO

Conhecida como a "quarta ponte sobre o Grande Canal" ou "Ponte de Calatrava" (devido ao projeto do arquiteto espanhol Santiago Calatrava) comunica a Piazzela Roma com a Estação Santa Lucia. Exibindo um design contemporâneo, a ponte possui parapeitos de vidro e foi inaugurada em 11 de setembro de 2008.


PONTE DA ACADEMIA

A ponte da Academia (em italiano: ponte dell'Accademia) é uma ponte em arco de Veneza. Originalmente em ferro, foi inaugurada em 20 de novembro de 1854. Fica próxima da Accademia.

Na sequência desta obra, foi aberto um concurso para edificar uma ponte de pedra. O projeto vencedor (Torres e Briazza) não foi todavia realizado e construiu-se uma ponte em madeira sob projeto do engenheiro Eugenio Miozzi (1889-1979), que foi aberta em 15 de janeiro de 1933. Sucessivas intervenções adicionaram à obra original elementos metálicos.


Textos baseados em informações retiradas do Wikipédia e do Terra - Turismo.
Fotos: Wikipédia.
 

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Atrações Turísticas - Veneza - Castello - 02

Bom dia, amigos...

Continuando as atrações turísticas de Veneza pelos Sestieri - bairros:
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/01/bairros-de-veneza.html

Agora, iremos visitar o sestieri de CASTELLO

Amiga Wiki, o que você tem para dizer sobre Castello?

Dos "Fondamente" Nuove ao "Fondacco dei Tedeschi", mas sem chegar ao Grande Canal de Veneza, Castello é fronteiro aos sestieri de Cannaregio pelo canal Mendicanti a sul e canal de Santa Marina a oeste, e pelo canal de San Lio também a sul, e pelo canal Fontego dei Tedeschi, com o sestiere de San Marco, pelo limite formado pelos canais de la Fava a sul, de San Zulian a sudeste, e de Palazzo a sul até San Marco, passando sob a ponte dos Suspiros. Castello é o maior sestiere de Veneza. Uma grande parte da sua área é ocupada pelo Arsenal de Veneza, pelo hospital civil e pelos parques das ilhas de San Pietro e Santa Elena.

Principais atrações de Castello:

SANTI GIOVANNI E PAOLO
Basílica de São João e São Paulo
Endereço: Campo dei Santi Giovanni e Paolo, Castello, Venice, 30122
Transporte: Fondamente Nuove ou Ospedale Civile
Site: -*-
Horário: Das 7:30h às 18:30h
Preço: 2,50 euros.

A Basílica de São João e São Paulo (em italiano: Santi Giovanni e Paolo, e em dialeto veneziano, San Zanipolo) é uma das maiores igrejas de Veneza (Itália) e tem o estatuto de basílica menor. É um enorme edifício de tijolo construído em estilo gótico italiano. É principal igreja da Ordem Dominicana em Veneza, e como tal foi construída para pregar perante grandes congregações. É dedicada a São João e a São Paulo, não o apóstolo e o discípulo mais famosos, mas a dois obscuros mártires da primeira igreja cristã em Roma, cujos nomes se documentaram no século III mas cuja lenda é de data posterior. Em 1246, o doge Jacopo Tiepolo doou uma parcela de terra pantanosa aos dominicanos depois de sonhar com um grupo de pombas brancas sobrevoando-o. A primeira igreja foi demolida em 1333, quando se começou a construção da igreja atual. Não acabou senão em 1430. O vasto interior contém muitos monumentos funerários e pinturas, assim como uma Virgem da Paz, uma estátua bizantina tida por milagrosa e situada numa capela própria na nave meridional, e um pé de Santa Catarina de Siena, a principal relíquia da igreja.


IGREJA DE SÃO ZACARIAS
San Zaccaria
Endereço: Campo dei Santi Giovanni e Paolo, Castello, Venice, 30122
Transporte: Fondamente Nuove ou Ospedale Civile
Site: -*-
Horário: Das 10h às 12h - das 16h às 18h
Preço: grátis.

A Igreja de São Zacarias (em italiano: Chiesa di San Zaccaria) é um edifício religioso de Veneza (Itália), situado a pouca distância da Basílica de São Marcos no sestiere de Castello, no tranquilo Campo San Zaccaria. Pertence à diocese do Patriarcado de Veneza. É dedicada ao pai de São João Batista, o sacerdote Zacarias, cujo corpo supostamente contém.


ARSENAL DE VENEZA
Endereço: Campo dell'Arsenale, Castello, Venice, 30135
Transporte: Arsenale
Site: -*-
Horário: diariamente
Preço: grátis.

O Arsenal de Veneza (em italiano: Arsenale di Venezia) é um estaleiro e base naval que teve o papel principal na construção do poderio naval veneziano. Foi uma das áreas mais importantes de Veneza, juntamente com o sestiere de Castello. Uma estrutura de estilo bizantino poderá ter existido no local por volta do século VIII, embora a actual estrutura se tenha provavelmente começado a construir em 1104, já que não há prova de uma data precisa. Definitivamente existia nos inícios do século XIII e é mencionado na obra de Dante A Divina Comédia. O nome provavelmente provém do árabe Dar al Sina’a (doca, estaleiro) sendo o conceito tão claramente islâmico como bizantino.

Fotos e alguns textos: Wikipédia.org

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Atrações Turísticas - Veneza - Cannaregio - 01

Boa tarde, pessoal...

Iniciamos as atrações turísticas de Veneza...
Como comentei, farei uma separação pelos bairros - Sestieri - de Veneza:
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/01/bairros-de-veneza.html

Mas, postarei as principais atrações de Veneza... Creio que, quem vai à cidade - como eu - está mais interessado na PRÓPRIA cidade... Claro, as atrações são importantes... Mas, o que eu quero é me perder em Veneza...rsrs

Começamos com o bairro de CANNAREGIO

Para conhecer mais um pouquinho do bairro, convidamos a nossa amiga Wiki para dar as informações do dia:

Cannaregio é limitada a norte pela lagoa, até ao canal dos Mendicanti. O limite com o sestiere de Castello é determinado por este canal e, a sul, até ao canal de Santa Marina. Dirige-se para oeste, e segue este último, depois o canal de San Lio e o rio Fontego dei Tedeschi, que o separa de sestiere de San Marco, até ao Grande Canal. A grande via de água serve de limite com os sestieri de San Polo e de Santa Croce.

O canal principal é o Canal de Cannaregio que liga o Grande Canal de Veneza, junto da Igreja de São Jeremias, com a lagoa. Duas pontes atravessam este canal: a Ponte delle Guglie, na qual os quatro cantos são decorados com obeliscos, e daí o seu nome, e a Ponte dei Tre Archi. Esta última construção de três arcos é a única ponte deste estilo em Veneza.

Principais atrações de Cannaregio:

IGREJA DE SANTA MARIA DOS MILAGRES
Santa Maria dei Miracoli
Endereço: Campo Santa Maria Nova, Cannaregio, Venice 30121, Italy
Transporte: Rialto, Fondamente Nuove
Site: -*-
Horário: Segunda a Sábado: 10h às 17h; Domingo: 15h às 17h
Preço: 3 euros.

A igreja de Santa Maria dos Milagres (em italiano: Chiesa di Santa Maria dei Miracoli) é uma igreja de Veneza (Itália), templo católico de estilo renascentista construído entre 1481 e 1489, projetado por Pietro Lombardo com a finalidade de dar uma localização digna à imagem da Virgem Maria venerada nesse lugar desde 1408. A igreja foi edificada em estilo do renascimento veneziano: mármore branco, rosa e serpentina, colunas falsas nas paredes, parte alta da fachada semicircular, etc. O interior tem uma única nave com una abóbada de berço e é dominado por uma escadaria que chega ao altar principal totalmente adornada por estátuas de Tullio Lombardo, Alessandro Vittoria e Nicolò di Pietro, enquanto que a abóbada se divide em cinquenta caixotões decorados com os rostos dos profetas, feitos por Vincenzo dalle Destre, irmão de Gerolamo Pennacchi, e Lattanzio da Rimini.


CA'D'ORO
Endereço: Calle Ca' d'Oro, Cannaregio 3933, Venice, 30135
Tranporte: Ca'd'Oro
Site: http://www.cadoro.org/
Horário: Segunda: 8:15h às 14h; Terça a domingo: 8:15h às 19:15h
Preço: 9,50 euros.

A Ca' d'Oro é um conhecido palácio de Veneza, situado no sestiere de Cannaregio e voltado para o Grande Canal. Actualmente é utilizado como museu. O palácio foi edificado entre 1421 e cerca de 1440 por encomenda do mercador veneziano Marino Contarini. A denominação deriva do facto de, no início, algumas partes da fachada serem recobertas a ouro. Este acabamento fazia parte duma complexa policromia, hoje desaparecida, que decorava a fachada, vista como um dos máximos exemplos do gótico florido em Veneza. A galeria hospeda a colecção de obras de arte recolhida por Giorgio Franchetti durante a sua vida, a que, depois da doação ao Estado Italiano (1916) e com vista na instalação do museu, foram acrescentadas algumas colecções estatais, das quais provém a maior parte dos bronzes e das esculturas expostas, além de numerosas pinturas venezianas e flamengas. Além das pinturas e esculturas, também estão expostas algumas peças artesanais e tapetes.


MADONNA DELL'ORTO
Endereço: Campo Madonna dell'Orto
Tranporte: Madonna Dell'Orto
Site: http://www.madonnadellorto.org/
Horário: Segunda à Sábado: 10h às 17h; Domingo: 13h às 17h
Preço: 6 euros.

A igreja foi construída pelos Humiliati em meados do século XIV, com desenho de Tibério da Parma, que se encontra enterrado no seu interior. Inicialmente dedicou-se a São Cristóvão, santo padroeiro dos viajantes, «para que protegesse os barqueiros que levavam passageiros para as ilhas da lagoa norte»; mas foi consagrada à Virgem Maria no século seguinte, quando, num horto (orto em italiano) se encontrou uma estátua da Virgem que se dizia ser milagrosa.

Fotos e alguns textos: Wikipédia.org

domingo, 6 de fevereiro de 2011

Mudança no Roteiro Final...

Conversando com pessoas que já foram para a Itália...
Lendo diversos relatos de viagens...
Pesquisando na internet,

Decidi mudar meus últimos dias no Roteiro Final.
No roteiro original, sairia de Roma e ficaria três dias em Nápoles (para conhecer Pompéia, Sorrento e Capri). Algumas pessoas me disseram que ficar em Nápoles não seria muito aconselhável. Uma amiga minha foi mais enfática, dizendo que Nápoles foi sua decepção na viagem: suja, com muita criminalidade e lixo, muito lixo... Baseado nestas informações, pesquisei muito... Realmente, por base na internet e nos relatos de outros viajantes, Nápoles não seria interessante para Cidade-Base...

Sendo assim, troquei meu Roteiro que, resumidamente, ficará assim:
- Sairei de Roma e vou para Nápoles.
- Na Estação de Nápoles, pego a linha Circumvesuviana para Pompéia.
- Em Pompéia deixo minhas malas na estação e vou conhecer a cidade...
- Volto para a estação e vou para Sorrento no final da tarde. Monto base lá.
- De manhã, saio para conhecer Sorrento e Capri... passo o dia.
- No outro dia, vou para Positano (achei lindo pelas fotos) e Amalfi... passo o dia.
- No último dia, saio de Sorrento de manhã, vou para Nápoles (deixo as malas na estação), conheço a cidade.
- A tarde, volto para Roma e vou direto para um hotel perto do aeroporto. Meu avião de volta sairá no outro dia as 8h da manhã... Infelizmente, vou precisar de táxi...rs

Vou mudar na guia ROTEIRO FINAL.

Abraços

Os 10 mais de Veneza

Bom dia, pessoal...

Há dois dias eu vi um programa no Discovery Travel and Living - canal 94 na Net - sobre os 10 lugares imperdíveis de Veneza. É um canal muito bom para quem está planejando viagens...

A Lilian Carvalho - leitora do blog - me passou esta dica ontem quando eu estava terminando este post... (Obrigado, Lilian... comentários fantásticos, como sempre...). Aqui está o comentário e a opiniáo da Lilian - http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/01/reportagem-sobre-veneza.html.

O programa ainda está com reprises - hoje, por exemplo, irá passar as 17h... - Vale a pena ver, as imagens são ótimas e as dicas também. Aqui está a lista do 10 mais de Veneza - que serão todos explorados quando eu começar a postar sobre as atrações turísticas:

10 - Passeio de Gôndola.
09 - Harry`s Bar - Drink Bellini (suco de pêssego e Prosseco)
08 - O carnaval de Veneza e suas fantasias
07 - O Balneário de Lido.
06 - Mercado de Rialto.
05 - Museu Peggy Guggenheim
04 - A ilha de Murano
03 - O Palácio dos Doges
02 - O Grande Canal
01 - (Óbvio) A praça São Marco e a Basílica.

Todos estão na minha lista para visitação... Serão posts bem longos...rsrs

Abraços!!!

O primeiro lugar: Prça São Marco... Foto: Wikipédia

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Veneza SALVA das inundações...

Olha o que eu achei (eu sabia que eles dariam um jeito):

Veneza é uma das cidades mais visitadas no mundo pelos seus monumentos e sua localização peculiar. A cidade aninhada no lago que leva o seu nome é famosa pelos seus canais e sendo construída em milhares de pedaços de placas de terra e atolados.

A lagoa de Veneza ou pântano recebe entrada de água do mar Adriático por 3 bocas, conhecida pelos nomes de Lido, Chioggia e Malamocco. Permanentemente, a cidade de Veneza, bem como outras aldeias ou em torno da lagoa, foi exposto a inundações causadas por algumas marés mais altas do que o habitual.

Aos poucos, os problemas causados pelas marés têm vindo a aumentar, principalmente devido ao aumento do nível do mar e à acumulação de areia da bacia do rio drenado o lado da lagoa.

Depois de uma inundação particularmente dramática e grave em 1966, ele começou a falar sobre o problema de Veneza, bem como possíveis caminhos para sua solução. Desde então, vem acontecendo uma série de estudos, experiências e medições para encontrar o problema em profundidade e para projetar uma solução adequada.

Uma vez suficientemente estudado o assunto, levantou uma série de ações por parte das instituições envolvidas: o Estado italiano, a região do Vêneto e Veneza e Chioggia municípios que compõem a Magistrato alle Acque di Venezia (Veneza Water Authority) . Entre estes destaca-se os desempenhos mais espetaculares, o Modulo Sperimentale ELETTROMECCANICA sistema, chamado Mose. O nome do sistema vem de um dos protótipos (MOdulo Sperimentale Elettromeccanico) instalado em 1988 numa lagoa menor, chamada lagoa do Consorcio Venezia Nueva.

Este sistema é composto por 78 comportas com sistema basculante, com o interior oco, localizado no fundo da boca da lagoa. Durante a maré baixa, estas portas ficam cheios de água, de modo que o peso mantém sob a água, permitindo o funcionamento livre do mesmo.

Dada a previsão de "água alta", como é conhecido na zona das marés, as portas começam a se encher de ar, deslocando a água para dentro, elevando-se, criando uma represa, retendo a entrada da água do mar Adriático durante o período de "crise" no pior dos casos, durante cerca de cinco horas.

Uma vez passado o período de águas altas, os portões são preenchidos com água novamente, voltando a cair para o seu alojamento no fundo. O nível de ativação do sistema foi definido em viagens de mais de 1'10 metros.

Durante o projeto levou-se em consideração vários tipos de portas. Depois de selecionar a mais ideal, o sistema passou por uma série de experimentos com um modelo em escala de quatro anos para avaliar e refiná-la.

Em teoria, este projecto, de dimensões extraordinárias e de custos, devem apresentar uma solução para as inundações cada vez mais comum, e castigar os moradores da lagoa em mais de 70 vezes por ano.

O projeto MOSE, impulsionado principalmente pelo Estado italiano, também tem muitos detratores, que argumentam sobre o impacto ambiental, custos e dúvidas sobre a eficácia deste sistema. No entanto, a sua construção já está em andamento desde 2004. Espera-se que até 2011 todo o sistema está completo. Então, vamos verificar se todos os esforços para implementar esse projeto titânico tem valido a pena.


Fonte: http://urbanity.blogsome.com/2006/12/21/el-sistema-mose-y-el-futuro-de-venecia/

Veneza Mestre...

Algumas pessoas fazem uma pequena confusão em relação a Veneza...

Existe a Veneza propriamente dita - a ilha - e existe a Veneza Mestre, que fica na parte continental da Itália. As duas são ligadas pela Ponte da Liberdade...

Pausa:
A Ponte della Libertà (Ponte da Liberdade) é uma ponte viária com cerca de 3850m de comprimento, que atravessa a Laguna de Veneza, e que constitui a única via de acesso ao tráfego automóvel à cidade de Veneza. Liga o continente à Piazzale Roma.

Foto: Wikipédia

Voltando ao assunto:
Mestre é um bairro grande no continente. Alguns visitantes preferem se hospedar em Mestre devido aos preços mais em conta. Mas, os habitantes de Mestre já conhecem essa lenda urbana entre os turistas. Atualmente, os preços de hospedagem são praticamente iguais...

Localização de Veneza Mestre e de Veneza (ilha)

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...