É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

quinta-feira, 31 de março de 2011

Hotel em Milão - RESERVADO

A lista das cidades para hospedagem:

- MILÃO; neste post.
- VERONA;
- VENEZA;
- FLORENÇA;
- ASSIS;
- ROMA;
- SORRENTO;

É claro que em Milão vou ficar no Milan Central Flat, da Ivy....
 
Você não conhece? Clique aqui, veja fotos, preços e participe da promoção do sorteio de 2 diárias:
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/sorteio-de-2-diarias-em-um-flat-em-mlao.html

quarta-feira, 30 de março de 2011

Excelente auxílio...

Boa noite, pessoal...

Lembram que eu falei do önibus City Tour em Florença?
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/onibus-city-tour-em-florenca.html

Recebi um comentário ESTUPENDO da Cris, do ótimo http://www.noticiasdabota.com/

Marcio, nao sei se vale a pena pegar esse onibus em Florença nao pq a cidade è um ovinho! vc pode fazer quase tudo a pe! So aconselho se vc tiver pressa e pouco tempo! Nao esqueça que Florença è um museu a ceu aberto, e a magia esta exatamente em conhecer a cidade a pe!

No maximo eu pegaria o CITY1 (da uma olhada no post http://www.noticiasdabota.com/2011/03/city-1-linha-de-onibus-dos-museus.html) que custa 1 euro e pegaria um outro onibus de linea para conhecer Fiesole tambem a 1 euro. Se vc tiver muito cansado, pegaria um outro pra ir ate o Piazzale Michealngelo, se der, iria a pe mesmo, pelas escaderias da Porta di San Nicolo.

Florença tem ares de ser uma cidade grande, mas nao è nao... è um ovinhooooooooo!
Beijos

Cris, muitíssimo obrigado! São pessoas como você que auxiliam turistas iniciantes nas regiões italianas - como eu - a agregar conhecimento para nossa viagem sair melhor ainda!!!

Beijão!

terça-feira, 29 de março de 2011

Ônibus - City Tour em Florença

Eu simplesmente adoro esses ônibus de turismo... O grande motivo: você economiza muito em ônibus, metrôs, etc... Em Barcelona, na Espanha, eu comprei um bilhete e subia e descia dos ônibus tranquilamente sem pagar nada em metrô ou qualquer outro tipo de transporte.

Em Florença existe um ótimo: o Citysightseeing Firenze
Site: http://www.firenze.city-sightseeing.it/index.htm

Eles também possui o mesmo serviço em outras cidades da Itália. É só olhar no site.

O preço do bilhete é de 22 euros - Adulto e vale por 48hrs.

O ônibus faz duas linhas - a A e a B - o preço compreende as duas.

Aqui está o folheto explicativo, mostrando as duas linhas - em pdf: http://www.firenze.city-sightseeing.it/depliant_fi.pdf

Eu acho que vale a pena!

E lá vai o ônibus vermelho... Foto do site.

Stazione Santa Maria Novella

Boa tarde, amigos...

A grande porta de entrada para Florença, para quem faz a viagem de trem, é a Stazione Santa Maria Novella, a principal estação de comboios da cidade. O edifício da Estação, construído em 1935, já é um marco para iniciar a visita a Florença.


Para saber mais sobre a estação: http://www.grandistazioni.it/cms/v/index.jsp?vgnextoid=84db47db3c09a110VgnVCM1000003f16f90aRCRD

Foto: http://www.grandistazioni.it/

Cuidado com o aumento do IOF para compras no exterior...

Bom dia, amigos...

Acabei de ver no Bom dia Brasil: o IOF aumentou... Então, cuidado com as compras com cartão de crédito no exterior... A taxa, anteriormente, era de 2,38%. Agora, a taxa é de 6,38%. Um aumento bem considerável.

O governo explicou que este aumento é para compensar a nova tabela de isenção do Imposto de Renda. Agora, quem ganha até 1.566,00 é isento. Ou seja, se dá vantagens de um lado, mas se tira de outro...

O exemplo do Bom dia Brasil: se você comprar $ 1.000,00, antes você pagaria $ 23,00 de imposto. Agora, serão $ 63,00.

As melhores opcões são mesmo os travellers cheques, o cartão de débito e, claro, o dinheiro em espécie. Veja aqui o que são essas opções: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/dinheiro.html

O novo imposto entra em vigor em 30 dias. Para saber mais sobre o aumento do IOF, veja aqui: http://oglobo.globo.com/economia/mat/2011/03/28/aumento-do-iof-para-compras-no-exterior-entra-em-vigor-em-30-dias-924106797.asp

Neste link, o site VIAJE NA VIAGEM mostra todos os cálculos, todas as probabilidades... para quem gosta de contas, vale a pena: http://www.viajenaviagem.com/2011/03/iof-o-que-muda-para-o-viajante/

domingo, 27 de março de 2011

Aprender italiano!!!

Bom dia, meus amigos... Bom domingo para todos!

Um ponto que não podemos fugir quando fazemos uma viagem para o exterior: aprender o básico da língua do país. Frases como: "por favor", "quanto custa?", "onde fica o banheiro..." são indispensáveis... Fazer um curso não é minha opção, pois não quero aprender italiano a fundo... quero saber apenas o necessário para minha viagem ser melhor ainda.

Ler placas, cardápios, folhetos, etc... é ótimo! Mas, não vou aprender tudo em pouco tempo. Então, sabendo pelo menos o básico, já se tem uma idéia não é mesmo?

Resolvi dar uma olhada nas livrarias e procurar algum dicionário, ou livro, que me ajudasse. Mas, encontrei somente livros... e veio o grande problema: a pronúncia! Passar vergonha, também não...rsrs!

Então, encontrei o curso 15 minutos de ITALIANO da Publifolha. Vejam a descrição:

Este livro é destinado àqueles que querem aprender italiano de uma maneira fácil, rápida e eficaz. 15 Minutos é um curso útil para todos que estão começando do zero, ou simplesmente desejam reforçar seus conhecimentos no idioma. O livro apresenta exercícios ilustrados divididos em aulas temáticas, de 15 minutos por dia, durante 12 semanas, com exemplos do cotidiano que abrangem todos os tipos de situações. Dois CDs, com duração aproximada de 60 minutos, ajudam o leitor a aprimorar a pronúncia, ouvindo diálogos de italianos nativos.

O preço é R$ 47,50 e você pode comprar por aqui: http://publifolha.folha.com.br/catalogo/livros/136010/

Já conheco o curso de inglês da mesma editora. É básico e muito bom! Eu conseguia escutar tranquilamente no carro. Então, vamos ao italiano!

sexta-feira, 25 de março de 2011

Vamos conhecer a Toscana???

Boa tarde, amigos...

Bem, antes de continuar Florença, devo dizer que é minha obrigação falar um pouquinho sobre a Toscana... E, quando precisamos saber algo, chamamos nossa amiga Wiki, que vem responder tomando um Gelatto:

A Toscana (em italiano Toscana) ou Toscânia é uma região da Itália central com 3,6 milhões de habitantes e 23 000 km² , cuja capital é Florença. Tem limites a noroeste com a Ligúria, ao norte com a Emília-Romagna, a leste com Marcas e Úmbria e ao sul com o Lácio. A oeste seus 320 km de litoral são banhados pelo Mar Lígure e Mar Tirreno. A Toscana administra ainda as ilhas do Arquipélago Toscano, a principal das quais é a Ilha de Elba. A Toscana é uma das maiores regiões italianas em território e número de habitantes.

A Capital é Florença.

Esta região é composta das seguintes províncias:

Arezzo (39 comunas)
Florença (44 comunas)
Grosseto (28 comunas)
Livorno (20 comunas)
Lucca (35 comunas)
Massa-Carrara (17 comunas)
Pisa (39 comunas)
Pistoia (22 comunas)
Prato (7 comunas)
Siena (36 comunas)

Não lembra o que é Comuna? Veja aqui: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2010/08/comuna-italiana-o-que-e.html


A Toscana tornou-se uma identidade política, quando já o era geográfica e culturalmente, a partir do século XV, quando Florença iniciou a sua expansão com a aquisição de Pisa em 1405 e de Livorno em 1421. Siena juntou-se-lhes em 1555.

Habitada pelos etruscos, ligou-se definitivamente a Roma em finais do século IV a.C.. O seu nome Toscana, provém de "Tusci", ou tuscos, nome que se aplica também aos etruscos. Pela sua posição geográfica certamente viveu de muito perto as convulsões que agitaram a República Romana, depois o Império Romano e ainda os reinos dos bárbaros.

Os francos ocuparam esta região em 774, que ficou sob a posse dos Condes de Lucca (mais tarde, marqueses da Toscana). Estes, bastante influentes na vida política da península Itálica, ao ponto de interferir com as eleições papais, terminaram a sua dinastia com a condessa Matilde, que legou o território em testamento aos Estados Pontifícios. O Império germânico, então em luta contra os Estados Pontifícios, negou a validade desse testamento. A salvo destas lutas, a Toscana viu as suas principais cidades emancipar-se e a reclamar independência. Com a luta entre guelfos e gibelinos, Lucca, Pisa e Pistoia ficaram do lado dos primeiros e Florença pelos segundos. Se Pisa era então a cidade mais influente da Toscana, a sua sorte modificou-se em 1284, com a Batalha de Meliora, que marcou a ascensão de Florença. Esta cidade alargou a sua influência, sucessivamente, entre as cidades de Pistoia (1301), Volterra (1361), Arezzo, (1384) e Pisa, em 1405. Lucca e Siena mantiveram-se independentes.

Pouco a pouco, a Toscana passa para as mãos dos Médici, de Florença. Estes chegaram ao poder em 1421. Afastados por duas vezes (de 1495 a 1512 e de 1527 a 1530), conseguiram sempre retomar o poder na cidade e na região. O Ducado de Florença foi criado por Carlos V, em 1531, a pensar em Alexandre de Médici ("o Mouro"). Cosimo I de Medici, filho de Giovanni dalle Bande Nere, tornou-se duque em 1537 e, com a aquisição de Siena, em 1559, sob a paz de Cateau-Cambrésis, nasceu o Grão-ducado da Toscana. Em 1569, os membros da família receberam o título de grão-duques da Toscana, por decisão do papa Pio V.

Cosimo morreu em 1574, continuando a sucessão da família Médici até Gian Gastone (1723 - 1737), com a morte do qual, sem herdeiros, o grão-ducado passou para a família de Lorena. Estanislau Leszczynksi ficou com o território de Lorena e a Toscana foi dada a Francisco Estêvão de Lorena (Franscisco II da Toscana), casado com Maria Teresa, arquiduquesa da Áustria, como compensação pela perda. Em 1745, a casa dos Habsburgo-Lorena passou a ser da casa de Áustria, sendo eleitos para tomarem posse do Sacro Império Romano-Germânico em 1747, mantendo, contudo, a posse da região italiana. Sucedeu a Francisco, Leopoldo I (1765 - 1790) que, ao tornar-se imperador, resignou em 1790 a favor do seu filho, Fernando III.

Os franceses ocuparam a região em 1799, sem grande sucesso: o povo revoltou-se e expulsou os estrangeiros. Em Outubro de 1800, com a Batalha de Marengo, os franceses voltaram a ocupar o território. Em 1801, Napoleão integrou-a ao reino da Etrúria, sendo concedida a Luís de Bourbon, descendente do último duque de Parma.

Em 1807, a Toscana foi incorporada ao Império Francês, constituindo os três departamentos do Arno, Ombrone e Mediterrâneo. Em 1809, Napoleão nomeou como grã-duquesa a sua irmã, Elisa Baciocchi. Esta foi afastada em 18 de Setembro de 1814, com o regresso de Fernando III, que restaurou o Grão-Ducado.

Em 1814, o Grão-ducado da Toscana foi restaurado sob Fernando III da Toscana. De novo nas mãos dos Habsburgos (Leopoldo II sucedeu a Fernando, de 1824 a 1859; e Fernando IV de 1859 a 1860).

Em 1847, o Ducado de Lucca foi anexado pelo Grão-ducado da Toscana.

Em 1848, houve uma revolução que teve como resultado a instauração da República, em Fevereiro de 1849, sob o triunvirato de Mazzini, Guerazzi e Montanelli. Leopoldo II, então no poder, foi deposto do poder com a intervenção da Áustria em Julho do mesmo ano.

Em 1859, com a guerra entre o Reino da Sardenha-Piemonte e o Império Austríaco, o povo toscano rebelou-se e obrigou Fernando IV a pedir asilo em Viena, a 27 de Abril de 1859. Em 1860, foi assimilada pelo Reino da Itália, após um plebiscito.

A Toscana tem também uma longa faixa costeira no mar da Ligúria, com muitas praias propícias para banho e vela - Viareggio e Forte dei Marmi são dois resorts famosos ao norte; ao sul, os melhores são o Castiglione della Pescaia, o Talamone, Porto Ercole e Porto Santo Stefano - além do arquipélago que inclui a ilha de Elba.

Site oficial: http://www.regione.toscana.it/

quinta-feira, 24 de março de 2011

Florença - Ponto de partida para várias cidades...

Boa tarde, pessoal...

Geralmente, os turistas fazem de Florença uma cidade-base para conhecer outras cidades da Toscana...
É o que eu vou fazer...
No meu roteiro estão incluídas as cidades de: Pisa, Lucca, Arezzo, Siena e San Giminiano...
Nada impede - se sobrar tempo - que eu conheça mais...
Geralmente, as cidades preferidas para visitas perto de Florença são:

A - Florença - ponto de partida
B - Lucca
C - Pisa
D - San Gimignano
E - Volterra
F - Siena
G - Arezzo
H - Cortona

Mapa - Google

Depois que terminar as atrações de Florença, começarei a falar dessas cidades satélites...

Mapa turístico - Florença

Clique para ampliar

terça-feira, 22 de março de 2011

Uma brasileira em Roma em busca de amigos...

Amigos,

O blog TÔ INDO NA ITÁLIA nasceu para ajudar - também - os viajantes que estão fora...

Recebi este comentário da Tatiana Mussolini Buonavoglia, no blog:

Boa noite, sou brasileira de São Paulo e estou aqui em Roma desde o dia 20 de fevereiro/2011, ficarei aqui até o final de maio. Gostaria muito de saber se tem algum de vcs brasileiros aqui em Roma para que eu possa fazer contato. Estou muito só aqui e gostaria de ter companhia para sair, conversar, passear... caso queiram me escrever, meu e-mail é tatiana@tmbweb.com.br. Obrigada

Quem estiver em Roma, dê um alô para a Tatiana!

Abraços.

Sites úteis - Itália

Bom dia, pessoal...

Três sites sobre a Itália:

http://www.enit.it/ (possui uma guia com todos os eventos na Itália separados por mês)

http://selectitaly.com/

segunda-feira, 21 de março de 2011

A Galleria degli Uffizi...

E vamos conhecer neste post um dos mais importantes e famosos museus do mundo:
A Galleria degli Uffizi

Amiga Wiki, o que você tem para dizer sobre a Galleria???

A Galleria degli Uffizi (em português, Galeria dos Ofícios), é um palácio situado em Florença, Itália, que abriga um dos mais famosos museus do mundo. O duque Cósimo I de Médici encomendou ao famoso arquitecto Vasari, em 1560, uma edificação para reunir em um só local os treze principais magistrados (chamados ‘’uffizi’’) então espalhados por diversos locais de Florença, onde poderia controlá-los diretamente, transformando o velho Palácio ‘’della Signoria’’ numa nova sede do governo, de acordo com o status de potência que a cidade alcançou após a conquista de Siena.

Vasari projetou um prédio em forma de U, com um braço longo a leste, que deveria incorporar a antiga igreja românica de ‘’São Pedro Scheraggio’’, um tramo curto assentado na margem do Rio Arno e outro braço curto a oeste, englobando a ‘’Zecca Vecchia’’, sede do correio por muito tempo e após o restauro de 1988, incorporado ao museu. Os três andares da construção começam com um térreo em ‘’loggiato’’ delimitado por pilastras com nichos (só decorados com estátuas a partir de 1842), um segundo andar com janelas e o terceiro destinado ao uso exclusivo do príncipe. Foi construído com pedra do vale de Mensola, adotando a ordem dórica.

Algum tempo depois, Cósimo decide unir o Palácio ‘’Vecchio’’ ao Palácio ‘’Pitti’’, nova residência da família Médici por um caminho particular e elevado, também executado por Vasari, o chamado ‘’Corredor de Vasari’’, que usava a galeria, a Ponte ‘’Vecchio’’sobre o Arno e uma passarela coberta sobre a rua.

A ‘’Galleria degli Uffize’’ é dividida em salas ou ambientes, cerca de cinqüenta, nomeadas geralmente pelo artista mais importante exposto. Temos salas dedicadas aos maiores artistas do Renascimento, como Leonardo da Vinci e Rafael, salas com arte clássica da Roma antiga, uma grande coleção de quadros de Botticelli com suas incomparáveis ‘’Primavera’’ e ‘’O Nascimento de Venus’’ e obras dos maiores artistas do mundo como Michelangelo, Tiziano, Durer ou Rubens. Cada uma delas vale a visita, e a ‘’Galleria degli Uffizi’’ hoje em dia é uma das maiores atrações turísticas de Florença e um dos mais importantes museus do mundo.

Alguns artistas que compõem o acervo da Galleria: Giotto, Duccio, Cimabue, Simone Martini, Paolo Uccello, Fra Filippo Lippi, Leonardo da Vinci, Michelangelo, Rafael, Tiziano, Caravaggio, Piero de Cosimo, Andrea Mantegna,... e dezenas de personalidades que fizeram a história da arte.

Site Oficial da Galleria: http://www.uffizi.firenze.it/
Endereço: Loggiata degli Uffizi, 6
Horário: de terça a domingo, das 8h15 às 18h50 - FECHA AS SEGUNDAS;
Preço do bilhete: 6,50 Euros.
Regulamento para visitar a Galleria: http://www.uffizi.firenze.it/musei/uffizi/pdf/Divieti_2-1.pdf
Bilhete online: http://www.b-ticket.com/b-ticket/uffizi/
Email: direzione.uffizi@polomuseale.firenze.it




Foto - Detalhe do "Nascimento de Vênus": http://selectitaly.com/museums.php?product_id=27

Minha lista de atrações na Itália (que estou louco para ver)...

Boa tarde, pessoal...

Depois do post sobre o quadro do "Nascimento de Vênus" de Botticelli, algumas pessoas me perguntaram o que eu estou mais "doido" para ver na Itália. Gostei da brincadeira e resolvi fazer uma lista (o 1º é o que eu estou mais super mega hiper louco para ver e o último é o que eu estou doido para ver)... Vamos lá:

01º - Como não poderia deixar de ser: "O nascimento de Vênus" de Botticelli e toda a Galeria Uffizi - Florença;
02º - O Coliseu - Roma;
03º - A Torre de Pisa - Pisa;
04º - As ruas de água em Veneza;
05º - Capela Sistina e os Museus do Vaticano - Roma;
06º - Pietá, de Michelangelo - Basílica de São Pedro - Vaticano;
07º - Fontana de Trevi - Roma;
08º - Catedral de San Marco e Piazza de San Marco - Veneza;
09º - Davi - de Michelangelo - Galleria dell'Accademia - Florença;
10º - Gelattos (rsrs);
11º - A Catedral de Milão;
12º - As vilas de Cinque Terre;
13º - A gastronomia italiana;
14º - A paisagem da Toscana...

15º - TODA A ITÁLIA (rsrs)!!!

sexta-feira, 18 de março de 2011

Tour Virtual - Galeria Uffizi

Ainda vou falar dela,...
mas, antes vamos fazer um tour virtual na Galeria Uffizi no ótimo ART PROJECT do Google?

http://www.googleartproject.com/museums/uffizi

Fantástico!!!

Um sonho (a ser) realizado...

Boa tarde, amigos...

Bem, eu prometi que quando iniciasse minhas pesquisas sobre Florença, um dos primeiros posts seria sobre ele...

Antes, uma volta no tempo...

Eu não tenho certeza, mas creio que eu tinha uns oito ou nove anos quando abri um livro de história e o vi pela primeira vez... Foi paixão a primeria vista. As linhas, as formas, as cores... Todo o conjunto me deixou fascinado. Não posso afirmar completamente (pois houve vários motivos) mas ele foi um dos meus motivos principais para amar arte...

Estou falando do quadro "O nascimento de Vênus", de Sandro Botticelli. Já desenhei ele diversas vezes, já pintei réplicas, já foi tema de trabalhos escolares e da faculdade, já foi capa dos meus cadernos, etc... etc... Ele sempre esteve presente na minha vida... E, finalmente, vou vê-lo ao vivo e a cores na minha frente...

Não consigo descrever como é a emoção de conhecer algo que sempre ficou na nossa imaginação... Aconteceu algumas vezes comigo, como por exemplo quando vi, na minha frente, ali, pertinho, a Sagrada Família, em Barcelona... Fiquei uns quinze minutos parado na frente, olhando... Passou um filme na minha cabeça: quantas vezes eu pensei em sua arquitetura, sua história... Foi fascinante!!! Outro exemplo foi visualizar o quadro "Guernica", de Pablo Picasso... Lindo! Majestoso!

E agora, chegou a vez do quadro de Botticelli... Bem, vamos conhecer um pouco sobre ele... Amiga Wiki:

O Nascimento de Vénus é uma pintura de Sandro Botticelli, encomendada por Lorenzo di Pierfrancesco de Médici para a Villa Medicea di Castello. A obra está exposta na Galleria degli Uffizi, em Florença, na Itália. Consiste de têmpera sobre tela e mede 172,5 cm de altura por 278,5 cm de largura.  A pintura representa a deusa Vênus emergindo do mar como mulher adulta, conforme descrito na mitologia romana.

É provável que a obra tenha sido feita por volta de 1483, sob encomenda para Lorenzo di Pierfrancesco, que a teria pedido para enfeitar sua residência, a Villa Medicea di Castello. Alguns estudiosos sugerem que a Vênus pintada para Pierfrancesco, e mencionada por Giorgio Vasari, teria sido outra que não a obra exposta em Florença e estaria perdida até o momento.

No quadro, a deusa clássica Vênus emerge das águas em uma concha, sendo empurrada para a margem pelos Ventos D'oeste, símbolos das paixões espirituais, e recebendo, de uma Hora (as Horas eram as deusas das estações), uma manto bordado de flores. Alguns especialistas argumentam que a deusa nua não representaria a paixão terrena, carnal, e sim a paixão espiritual. Apresenta-se de forma similar a antigas estátuas de mármore (cujo candor teria inspirado o escultor do século XVIII Antonio Canova), esguia e com longos membros e traços harmoniosos.

Foto: Wikipedia.

Quer conhecer o quadro de pertinho? Veja ele no ART PROJECT do GOOGLE:
http://www.googleartproject.com/museums/uffizi/the-birth-of-venus

quarta-feira, 16 de março de 2011

Para comprar todos os tickets das atrações de Florença

Para quem gosta de comprar todos os tickets on-line...

OBS: Vejam as taxas para compras via Internet.

http://www.florence-tickets.com/

Sites sobre Florença...

Site oficial da Comune de Florença: http://www.comune.fi.it/home.htm

Sites:

http://english.firenze.net/

http://www.visitflorence.com/

http://en.firenze-online.com/

http://www.polomuseale.firenze.it/

http://www.firenzemusei.it/index.html

http://www.firenzeturismo.it/index.php?lang=en_EN

http://www.aboutflorence.com/

http://www.onlineflorenceguide.com/

Apresentação - Florença

Boa tarde, amigos...

E começamos a Apresentação de Florença, com dados da nossa amiga Wikipédia:

Florença (em italiano: Firenze e em latim: Florentia) é um município italiano, capital e maior cidade da região da Toscana e da província homônima, com cerca de 371.060 habitantes. Estende-se por uma área de 102 km², tendo uma densidade populacional de 3453 hab/km². Faz fronteira com Bagno a Ripoli, Campi Bisenzio, Fiesole, Impruneta, Scandicci, Sesto Fiorentino.

Florença foi durante muito tempo considerada a capital da moda. É considerada o berço do Renascimento italiano, e uma das cidades mais belas do mundo.

Tornou-se célebre, também, por ser a cidade natal de Dante Alighieri, autor da "Divina Comédia", que é um marco da literatura universal e a língua italiana moderna tem várias influências desta obra. Nesse poema ele descreve a cidade de Florença em muitas passagens, assim como alguns de seus contemporâneos florentinos célebres, que também são personagens da obra. Também é florentino Cimabue, o último grande pintor italiano a seguir a tradição bizantina, e responsável pela "descoberta" de Giotto.

Tem origem num antigo povoado etrusco. A cidade foi governada pela família Médici desde o início do século XV até meados do século XVIII. O primeiro líder da cidade pertencente à família Médici foi Cosme, o Velho, chegou ao poder em 1437. Foi um protector dos judeus na cidade, iniciando uma longa relação da família com a comunidade judaica.

A Grande Sinagoga de Florença, também conhecida como Tempio Maggiore ("Templo Principal") é considerada uma das mais belas da Europa. Destacam-se as diversas e belíssimas catedrais de épocas e estilos diferentes. A cidade também é cenário de obras de artistas do Renascimento, como Michelangelo, Leonardo da Vinci, Giotto, Botticelli, Rafael Sanzio, Donatello, entre outros. Nesta cidade nasceram os papas: Leão X, Clemente VII, Clemente VIII, Leão XI, Urbano VIII, Clemente XII.

segunda-feira, 14 de março de 2011

FINAL - Veneza...

Boa tarde, pessoal...

Cheguei ao final de Veneza...
E já digo: estou com saudades...
Saudades das pesquisas, das fotos, das curiosidades, ...
De tudo...
Mas,... sabe o que é melhor? Logo, logo estarei lá pessoalmente... rs!

Foram 45 posts e todos podem ser vistos aqui: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Veneza

E, juntamente com este post, quero agradecer as 50.000 VISITAS DO BLOG!!!
Muitíssimo obrigado, meus amigos...

E atenção: preparem a bisteca, junte o dinheiro para o gelatto e estude sobre os quadros ícones da história mundial, porque...

Tô indo para FLORENÇA!!!

Foto: Wikipédia

Mapa - VENEZA - Principais atrações turísticas

Fonte: Wikipédia

11º dia - ROTEIRO FINAL - Veneza

- CIDADE: TERCEIRA CIDADE BASE - VENEZA

- MANHÃ:
Café da manhã: no hotel – pegar alguma fruta ou biscoito para o lanche da manhã.

Atrações - http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/murano-e-burano-as-ilhas-de-veneza.html

- VISITAR NESTE DIA:
- Conhecer as Ilhas de Murano, Burano e Torcello.
Comprar o passeio turístico (se conseguir um em conta)
Ou comprar o bilhete de 12h do ACTV - http://www.actv.it/ - para poder usar os Vaporettos até as ilhas.
Total Gasto: 16 Euros.

- ALMOÇO:
Almoçar em Murano no Osterial Al Duomo
http://www.osteriaalduomo.com/bar/
Fondamenta Maschio, 20
Murano
Total Gasto: 15 euros

- LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR: Em um restaurante com a áurea de Veneza...
Total Gasto: 10 euros

- IR PARA O HOTEL.

TOTAL GASTO NO 11º DIA:
Hotel - 50 euros - quarto duplo (conta 25 euros por pessoa)
Gastos individuais: 46 Euros
Lembranças: 29 Euros

TOTAL GERAL: 100 euros

sexta-feira, 11 de março de 2011

Dica fantástica da Ivy: VENEZA...

Boa tarde, pessoal...

Lembram da nossa amiga Ivy? A brasileira proprietária do flat em Milão - http://www.milancentralflat.it/ - É nele que estamos sorteando duas diárias...

Você ainda não participou? Clique aqui:
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/sorteio-de-2-diarias-em-um-flat-em-mlao.html.

Ela me mandou uma dica fantástica:

Terminei ontem dois dias do ROTEIRO FINAL em Veneza e coloquei o passeio de gôndola. Lembre-se: um passeio de 30m pode custar 80 euros... Mas, eu queria muito e inseri mesmo com esse preço extratosférico...

Foi quando recebi um email da Ivy falando o seguinte: ao invés de gastar com o passeio de gôndola, ande de traghetto... o custo é de 0,50 centavos de Euros... Uma boa diferença né? De 80 Euros, para 0,50 centavos...

Não sabe o que é traghetto? Veja aqui: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/como-se-locomover-em-veneza.html

Onde pegar a gondola-traghetto para atravessar o canal grande em Veneza?

* -- San Marcuola/Fondaco dei Turchi
* -- Santa Sofia/Pescheria
* -- San Tomà
* -- San Samuele
* -- Santa Maria del Giglio

Somente na parte da manha:

* -- Riva del Vin/Riva del Carbon
* -- Punta della dogana-San Marco

Traghetti in gondola, orari:

Fontego dei Turchi a S. Marcuola: lunedi-sabato 9,00-12,30.
Pescheria a Santa Sofia: lunedi-sabato 7,30-20,30; domenica 8,00-19,00.
Riva del Vin a Riva del Carbon: lun-sab 8,00-14,00.
San Tomà a Ca' Garzoni: lun-sab 7,30-20,30; dom 8,00-19,00.
Ca' Rezzonico a San samuele: lun-sab 7,30-13,30.
Salute a Santa Maria del Giglio: tutti i giorni 8,00-18,00.
Punta della Dogana a S. Marco Vallaresso: tutti i giorni 9,00-12,00 e 14,00-18,00.

Já alterei minha guia do ROTEIRO FINAL... vou de Traghetto!!!
Muitíssimo obrigado pela dica Ivy...
Você é uma pérola brasileira na Itália!



quinta-feira, 10 de março de 2011

10º dia - ROTEIRO FINAL - Veneza

- CIDADE: TERCEIRA CIDADE BASE - VENEZA

- MANHÃ:
Café da manhã: no hotel – pegar alguma fruta ou biscoito para o lanche da manhã.

Atrações - Ver no guia do Blog: Veneza - http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Veneza
Estão todas as atrações dos 6 bairros de Veneza com todas as informações.

- VISITAR NESTE DIA:
- Passeio de gôndola (sim, eu sei... é caro... mas, existem coisas que você tem que fazer na vida... e ir a Veneza e não passear de gôndola é um sacrilégio). Vou pechincar ao máximo: 50 Euros. (Dividido por dois: 25 Euros). Agora, com a dica da minha amiga Ivy, não vou mais passear de gôndola... vou de Traghetto: 0,50 cents de Euro.
- Museu Peggy Guggenehim - 13,50 Euros. (já comprada online)
- Basílica de São João e São Paulo.
- Santa Maria dei Miracoli.
- Ca'Pesaro - 8 Euros. (não conta, pois utilizarei o MUSEUM PASS - já comprado online)
- Harrys Bar tomar um Bellini - 5 euros.
Total Gasto: 43,50 Euros.

- ALMOÇO:
Vou deixar o almoço livre... comer algo enquanto passeio por Veneza...
Total Gasto: 10 euros

- LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR: Em um restaurante com a áurea de Veneza...
Total Gasto: 15 euros

- IR PARA O HOTEL.
TOTAL GASTO NO 10º DIA:
Hotel - 50 euros - quarto duplo (conta 25 euros por pessoa)
Gastos individuais: 73,50 Euros
Lembranças: 1,50 Euros

TOTAL GERAL: 100 euros

Eu não vou deixar de fazer... Tô economizando para isso... rs! Agora de Traghetto!

09º dia - ROTEIRO FINAL - Veneza

 CIDADE: SEGUNDA CIDADE BASE - VERONA

- MANHÃ: (Em Verona)
Café da manhã: no hotel – pegar alguma fruta ou biscoito para o lanche da manhã.

- FECHAR A ESTADIA NO HOTEL.

- Dirigir-se para a Estação do Trem.
Bilhete de Trem para Veneza -
Saída 07:59h - Verona Porta Nuova
Chegada 9:10h - Veneza Santa Lucia
Total Gasto: 9 euros (já comprada on-line)

- 9:10h: CHEGADA EM VENEZA - Descer na Estação de trem Santa Lucia.
Ir para o hotel.

- HOTEL: CANEVA - http://www.hotelcaneva.com/albergo.html
Total gasto: 50 euros a diária

Atrações - Ver no guia do Blog: Veneza - http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Veneza
Estão todas as atrações dos 6 bairros de Veneza com todas as informações.

- Pegar o Vaporetto nº 1 e dar uma volta em todo o canal;
Total Gasto: 6 Euros.

- VISITAR NESTE DIA:
- Piazza San Marco.
- Basílica de San Marco.
- Campanário de San Marco.
- Ponte Rialto.
- Ponte dos Suspiros.
- Palazzo Ducale - 12 Euros. (já comprada online MUSEUM PASS - vale para outros museus - valor: 18,50)
Total Gasto: 18,50 Euros.

- ALMOÇO:
Vou deixar o almoço livre... comer algo enquanto passeio por Veneza...
Total Gasto: 10 euros

LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR: Comer uma pizza.
Total Gasto: 7 euros

- VOLTAR PARA O HOTEL.
TOTAL GASTO NO 9º DIA:
Hotel - 50 euros - quarto duplo (conta 25 euros por pessoa)
Gastos individuais: 55,50 Euros
Lembranças: 10 Euros
Margem (café, sorvetes...): 9,50 Euros

TOTAL GERAL: 100 euros

Veneza no UOL

Pessoal, aproveitem a reportagem sobre Veneza do portal UOL:

http://viagem.uol.com.br/viagens-36-horas/ultimas-noticias/2011/03/04/36-horas-em-veneza.jhtm

Excelentes dicas!

Abs

O Tempo... MEDO!!!

Bom dia, pessoal...

Hoje levantei, liguei o computador e, quando fiz uma organização no blog,
me deu medo...

Faltam menos de 4 meses para minha viagem...
Parece que foi ontem - juro - que eu comecei a organizar, pesquisar, etc...
e comentei com a minha mãe: "Vou para a Itália no ano que vem..."

Medo? Sim, medo de como o tempo passa rápido... vocês não acham?
Então, fica a dica: aproveite ao máximo o seu tempo...
Faça tudo o que quiser (quase tudo...rs)
Pense, ame e aproveite sua vida... com responsabilidade...
Porque ela passa rápido...

Quado O TEMPO do Salvador Dali

quarta-feira, 9 de março de 2011

... e depois do Carnaval...

Boa tarde, pessoal...

E aí, muita ressaca? Muitas bolhas nos pés? Muita dor de cabeça?
Depois do feriado "parece" que a vida está voltando ao normal...

Para ajudar vocês que estavam pulando com a Ivete Sangalo
ou entrando na Marquês da Sapucaí, vamos a uma restrospectiva dos posts
que foram ao ar durante o Carnaval...

Murano, Burano e Torcello... As Ilhas de Veneza...
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/murano-e-burano-as-ilhas-de-veneza.html

VeniceCard - Blue and Orange
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/venicecard-blue-and-orange.html

Passagem... tudo bem, por enquanto!
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/passagem-tudo-bem-por-enquanto.html

Entrando no clima: A Cabeça do Italiano...
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/entrando-no-clima-cabeca-do-italiano.html

Atrações Turísticas - Veneza - San Polo - 05
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/atracoes-turisticas-veneza-san-polo-05.html

Atrações Turísticas - Veneza - Santa Croce - 06
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/atracoes-turisticas-veneza-santa-croce.html

FINE - Término das Atrações Turísticas de Veneza...
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/fine-termino-das-atracoes-turisticas-de.html

Acqua Alta - Previsão
http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/acqua-alta-previsao.html

Prontinho!
Abraços.

Acqua Alta - Previsão

Bom dia, pessoal...

Estou recebendo emails perguntando quando pode ocorrer a Acqua Alta...
Infelizmente, sendo um fenômeno da natureza, não tem como prever com muita antecedência...
Mas, alguns sites podem fazer uma previsão antecipada:

http://www.eurometeo.com/italian/read/doc_venice-highwater

e aqui:

http://www.comune.venezia.it/flex/cm/pages/ServeBLOB.php/L/EN/IDPagina/1748&rur

Lembre-se: É um fenômeno que ocorre de novembro a fevereiro e quando acontesse, é apenas temporário: dura, em média, 1 ou 2 horas, dependendo da maré. Se acontecer enquanto você estiver lá, relaxe...

APROVEITE ASSIM MESMO:

Foto: http://cache.boston.com/universal/site_graphics/blogs/bigpicture/2008_pt3/24_venicefd.jpg

segunda-feira, 7 de março de 2011

FINE - Término das Atrações Turísticas de Veneza...

Terminei as Atrações Turísticas de Veneza... (ufa!)
Foi uma grande pesquisa... Encontrar os sites, os dados corretos, preços dos bilhetes... não foi fácil...rs
Mas, foram 06 posts muito agradáveis de fazer...
Conheci Veneza muito mais e agora tenho a certeza do que eu quero ver...
Como mencionados, as atrações foram divididas pelos bairros (sestieri) de Veneza... Aqui está um mapa com os bairros demarcados:




Atrações Turísticas - Veneza - Santa Croce - 06

Olá, pessoal...

Chegamos ao último sestieri de Veneza: SANTA CROCE... Gostei desse nome...

Amiga Wiki? "Eskindô, Eskindô...". Sim, eu sei que você está em clima de carnaval, mas... você pode nos dizer o que você tem sobre o bairro de Santa Croce? "Claro, Eskindô... O seu cabelo não nega mulataaaa...."

Santa Croce (Santa Cruz) é um dos seis sestieri de Veneza. Tal como o sestiere de San Polo, este sestiere pertence à zona chamada Luprio, onde se encontravam os pântanos salgados nos primeiros tempos da história da cidade. O seu nome faz referência à cruz de Jesus Cristo. Este sestiere é vizinho de Dorsoduro, de Cannaregio, ao qual está ligado pela Ponte dos Descalços sobre o Grande Canal, e do de San Polo.O sestiere está delimitado pelo Grande Canal a norte, pelo rio de San Cassiano a leste e Tronchetto a oeste. É o único sestiere com uma parte para circulação automóvel pois aí se encontra o parque de estacionamento da Piazzale Roma onde os automóveis que vêm de Mestre pela Ponte della Libertà. Santa Croce é o sestiere menos rico em monumentos da cidade.

Para ser bem sincero, eu estava pesquisando sobre o Sestieri de Santa Croce e não iria colocar nada de turístico, até porque os próprios sites dizem que a região, apesar de possuir edifícios muito bonitos, não reserva muitos monumentos turísticos...

Até que, lendo todo o conteúdo da minha amiga Wiki, achei este nome: CA' PESARO... Um museu... lendo as descrições, encontrei outros nomes que me deixaram louco: Gustav Klimt, Vassili Kandinsky e Henri Matisse... Sou apaixonado pelas obras do Klimt e vou ter que inserir o museu na minha lista... Nunca vi pessoalmente uma obra deste grande artista, que eu tanto admiro...

CA'PESARO
Endereço: Santa Croce 2076
Transporte:
Site: http://www.museiciviciveneziani.it/frame.asp?musid=10&sezione=musei
Horário: 10h às 18h
Preço: 8 Euros

O grandioso palácio, agora sede da Galeria Internacional de Arte Moderna (Galleria internazionale d'arte moderna) e do Museu de Arte Oriental (Museo d'arte orientale) de Veneza, foi projectado no século XVII pelo arquitecto Baldassarre Longhena por vontade da riquíssima e nobre família Pesaro. Em 1682, ano em que Longhena faleceu, o palácio ainda estava incompleto. Então, o cliente confiou a sua conclusão a Gian Antonio Gaspari, que o completou em 1710, respeitando o projecto original. Da família Pesaro, o majestoso palácio passou em seguida aos Gradenigo. Posteriormente, os padres arménios Mechitaristi utilizaram-no como colégio e, por fim, foi adquirido pela família Bevilacqua. Chegado à posse da Duquesa Felicita Bevilaqua La Masa, esta destinou o palácio a tornar-se numa galeria de arte moderna. Entre as telas e desenhos sobressaem a Giuditta II (Salomé) de Klimt; a Bagnante de Bonnard; o Rabbino de Chagall, além de obras de Kandinsky, Klee, Rouault, Matisse, Grosz, Moore, Morandi, De Chirico, Boccioni, Sironi e outros.

Nossa, fiquei muito entusiasmado!!! Como vale a pena você planejar a viagem... Apesar de gostar muito do quadro, eu não sabia que ele estava em Veneza... A história da Salomé é uma das minhas prediletas... Agora sim, fiquei mais feliz...rs

O Ca' Pesaro

A galeria...

E o quadro de Klimt...

Textos e fotos: Wikipédia.

Atrações Turísticas - Veneza - San Polo - 05

Olá viajantes...

Vamos ao quinto - e penúltimo - bairro de Veneza. Se você quiser ver todos, pode clicar na guia de VENEZA ou ATRAÇÕES TURÍSTICAS no lado direito do blog.

Hoje, vamos falar do bairro de SAN POLO. E minha amiga Wiki, chegando e sambando na ponta do pé, vem falar sobre este bairro:

San Polo é o menor dos sestiere de Veneza. É neste sestiere com uma área de 35 hectares ao longo do Grande Canal de Veneza que se situa o principal mercado da cidade desde 1097. É uma das partes mais antigas da cidade, tendo sido povoado antes do século IX, quando, em conjunto com San Marco fazia parte das Ilhas Realtinas. Recebeu o seu nome do santo evocado na Igreja de San Polo. Está ligado com os bairros da margem direita do Grande Canal pela ponte de Rialto desde o século XIII. A parte ocidental do bairro é conhecida atualmente pelas suas igrejas, enquanto que a oriental, por vezes chamada simplesmente "Rialto", é conhecida pelos palácios e pequenas casas.

E quais são as atrações de San Polo?

A PONTE RIALTO: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/02/ponte-rialto-ponte-dos-suspiros-e.html

CAMPO SAN POLO
Endereço: Campo San Polo
Transporte: San Silvestro
Site: -*-
Horário: -*-
Preço: -*-

O Campo San Polo é o maior campo de Veneza e o espaço público mais popular depois da Praça de São Marcos. O seu nome provém de São Paulo. Situa-se no sestiere do mesmo nome. Destinado à agricultura e pastagens, foi inteiramente pavimentado em 1493 quando foi instalado no centro o poço que hoje se vê. Depois disso, foi usado para mercados, feiras e grandes reuniões. Hoje é um dos locais mais populares para os festejos do Carnaval de Veneza bem como para concertos musicais ou sessões ao ar livre do Festival de Cinema de Veneza.


BASÍLICA DE SANTA GLORIOSA DEI FRARI
Endereço: Campo dei Frari
Transporte: San Tomá
Site: http://www.basilicadeifrari.it/
Horário: Segunda à sábado: 10h às 18h; Domingos e feriados: 13h às 18h.
Preço: Vá no horário da missa - ver no site - é grátis para ver a Basílica.

A Basilica di Santa Maria Gloriosa dei Frari, normalmente chamada simplesmente os Frari, é uma das maiores igrejas de Veneza e tem o estatuto de basílica menor. Está no Campo dei Frari, no coração do bairro de San Polo. A cidade está dedicada à Assunção de Maria (Assunzione della Beata Virgine).

Os franciscanos obtiveram terra para erigir uma igreja em 1250, mas o edifício só se terminou em 1338. De forma quase imediata empreenderam-se os trabalhos para a substituir por uma maior, a igreja actual, que levou quase um século a construir e ficou terminada em meados do século XV. O campanário (acabado em 1396) tem 83 m de altura e é o segundo mais alto da cidade depois do da Basílica de São Marcos.

A imponente igreja foi construída em ladrilho no estilo gótico italiano. Como em muitas igrejas venezianas, o exterior é bastante simples. O interior contém a única grade de coro que continua no local original em Veneza; data de 1475 e está esculpida. O coro data de 1468 e apresenta três níveis de bancos, talhados com baixo-relevos.

Os Frari é uma igreja paroquial do Vicariato de San Polo-Santa Croce-Dorsoduro. As outras igrejas da paróquia são San Barnaba, San Ludovico Vescovo, Santa Maria del Soccorso e Santa Margherita.


Textos e fotos: Wikipedia

Entrando no clima: A Cabeça do Italiano...

Bom dia, pessoal...

Sou daquele tipo de pessoa que não consegue ler um livro de cada vez... Eu começo um, depois outro e assim por diante... Atualmente, eu estou lendo quatro. Mas, quando o livro realmente é interessante, eu começo a ler e nem lembro dos outros...

Foi o caso do A CABEÇA DO ITALIANO - do jornalista Beppe Severgnini. Foi uma leitura de dois dias... Comecei ontem e acabei de terminar... Vamos a sinopse apresentada pelo livro?

A Itália é uma droga suave, vendida em pacotes repletos de pôr-do-sol, olivais, massas, limoeiros e vinho. A bota também é um labirinto. É sedutora, mas complicada. Na Itália, pode-se andar em círculos durante anos a fio. E isso, naturalmente, é muito divertido. Enquanto se esforçam para achar uma saída, muitos recém-chegados recorrem às opiniões de visitantes anteriores. Gente como Goethe, Stendhal, Byron e Twain. Esses autores ainda são citados, como se nada tivesse mudado. Não é verdade. Algumas coisas mudaram. O problema é descobrir o que.

O jornalista faz um retrato divertido, comparando a história da itália com a sua modernidade. Os costumes, os lugares, os monumentos... todos relacionados com expressões pontuadas de sarcasmo e ironia. O livro apresenta a Itália em uma viagem guiada por dez dias... Iniciando pelo aeroporto de Malpensa, passando por Milão, Toscana, Roma, Nápoles, Sardenha e Crema, o jornalista foca seus olhares nos momentos simples, do cotidiano do italiano. É gostoso, é simples, é divertido... li, gostei e recomendo!

Foto: sinopsedolivro.com

domingo, 6 de março de 2011

Passagem... tudo bem, por enquanto!

Boa tarde, pessoal...

Recebi informações da agência dizendo que os dados da minha passagem voltaram a ser como eu comprei... Vai entender...

Foi somente para me deixar um pouco mais nervoso...rs

Abraços.

sábado, 5 de março de 2011

VeniceCard - Blue and Orange

O Venicecard integra uma variedade de descontos em estabelecimentos e serviços em toda a cidade. Está disponível em duas versões: Transportes (BLUE), e dos Transportes e da Cultura (ORANGE). Ambos incluem um kit de boas-vindas, banheiro e acesso berçário junto com tarifas reduzidas nos transportes públicos e uma série de serviços, locais e eventos, transportes e cultura inclui entrada para 12 museus e 16 igrejas.

VENICECARD BLUE - Este cartão alguns dos mesmos benefícios que o VeniceCard Orange, com menos opções. Você terá acesso aos transportes públicos, duas idas ao banheiro público por dia, e descontos em alguns dos museus da cidade, igrejas, bares, restaurantes e lojas. Algumas dessas placas também incluem o transporte de e para o Aeroporto Marco Polo em Alilaguna. Os preços variam de € 16,50 por um passe de Júnior de 12 horas para € 78,90 por um passe Sénior semana. descontos em alguns dos cartões se você compra on-line antes de sua chegada.


VENICECARD ORANGE - Este cartão (entre outras coisas) o acesso a todos os transportes públicos, duas visitas ao banheiro público por dia, a admissão no Museu Cívico de Veneza, descontos em diversas atrações, descontos em alguns restaurantes e lojas, e (na maior duração) a admissão de várias outras igrejas e museus. Algumas das placas também incluem o transporte de e para Veneza Marco Polo Airport em Alilaguna, o vaporetto que vai do aeroporto até ao centro de Veneza. Os preços variam de € 22,90 por um passe de Júnior de 12 horas de 104,90 € para o passe Sénior semana. descontos em alguns dos cartões se você compra on-line antes de sua chegada.


Informações/Compra: http://www.hellovenezia.com/jsp/en/venicecard/index.jsp

Fotos dos cartões: http://www.holidaycheck.com/

MINHA OPINIÃO: Caro... não vou comprar. O meu foco em Veneza é VENEZA e não igrejas, museus, etc... e transporte? Um ou outro... o que eu quero é andar pelas ruelas...

Murano, Burano e Torcello... As Ilhas de Veneza...

Bom dia, pessoal...

E o feriado chegou... Ainda bem... Carnaval - para mim - é para colocar a leitura em dia, arrumar a casa, colocar fora o que eu não preciso mais, organizar as contas e a agenda... Preciso de mais carnavais...rs

Hoje vamos falar das duas Ilhas próximas de Veneza: Murano e Burano.

Todas as vezes que procurei algo sobre estas ilhas, encontrava as seguintes informações:
- Não deixem de visitar e
- Não compre NADA nas ilhas pois o preço é super-hiper-mega inflacionado
- Se for ficar três dias em Veneza, reserve o último para visitar Murano e Burano...

Ok! Vou seguir esses conselhos...

Vamos iniciar com MURANO, considerada a Capital do Vidro.
Amiga Wiki, o que você tem a dizer sobre esta ilha?

Murano, embora descrita como uma ilha da Lagoa de Veneza, é de fato um arquipélago de sete ilhas menores, das quais duas são artificiais (Sacca Serenella e Sacca San Mattia), unidas por pontes entre si. Tem aproximadamente 5500 habitantes e fica a somente 1 km de Veneza. Murano é um local famoso pelas obras em vidro, particularmente candeeiros.

Murano foi fundada pelos romanos, e desde o século VI foi habitada por gente procedente de Altino e Oderzo. A principio, a ilha prosperou como porto pesqueiro e graças à produção de sal. Era um centro de comércio. Com o porto controlavam a ilha de Santo Erasmo. A partir do século XI a cidade começou a decair devido a muitos habitantes se mudarem para Dorsoduro. Tinham um grande poder local, como o de Veneza, mas desde o século XIII Murano foi governada por venezianos. Contrariamente a outras ilhas da lagoa, Murano cunhava as suas próprias moedas.

Em 1291, todos os cristaleiros de Veneza foram obrigados a mudar-se a Murano devido ao risco de incêndio, porque a esmagadora maioria dos edifícios de Veneza era construída em madeira. Durante o século XIV, as exportações começaram e a ilha ganhou fama, inicialmente pelo fabrico de missangas de cristal e de espelhos. O cristal aventurine foi inventado na ilha e, durante algum tempo, Murano chegou a ser o maior produtor de cristal da Europa. O arquipélago, mais tarde, ficou conhecido pelo fabrico de lustres. Embora tenha havido grande queda durante o século XVIII, a cristalaria continuou a ser a industria mais importante da ilha.

No século XV, a cidade tornou-se popular como lugar de férias dos venezianos, e construiu-se um palácio, mas esta moda extinguiu-se depois. O campo da ilha era conhecido pelas suas árvores de fruta e jardins até ao século XIX, quando começaram a construir-se mais casas.

Em Murano, a principal atração é a fabricação do vidro. Um ponto turístico com este tema: O Palazzo Giustinian, atualmente sede do Museu do Vidro - http://www.museiciviciveneziani.it/frame.asp?musid=12&sezione=musei - O bilhete custa 6,50 Euros.

Um vídeo sobre Murano, desde a saída de Veneza: http://www.youtube.com/watch?v=_7ivU3jFVXI
Achei fantástico o trabalho com o vidro...

 Mapa de Murano... Pertinho de Veneza - 30m de Vaporetto.

 A Ilha de Murano...

O trabalho com o vidro...

BURANO

Burano situa-se na Lagoa de Veneza, e tal como a sua vizinha 7 km mais a sul, Veneza, é na realidade uma localidade constituída por várias ilhas pequenas ligadas por pontes entre si. Localizada cerca de Torcello no extremo norte da Lagoa, é conhecida pelos seus cristais e trabalho em renda.

Os primeiros ocupantes das ilhas foram provavelmente Romanos, mas é no século VI que recebe o seu nome actual quando a zona é ocupada por gente vinda de Altino, que terão dado à ilha o nome de uma das portas da sua cidade. No entanto há mais duas versões para a origem do nome; numa delas o nome deriva do apelido da primeira família que ali se estabeleceu, os Buriana, e a outra que o nome foi dado por habitantes de Buranello, uma ilha 8 km a sul de Burano.

Apesar da ilha se ter desenvolvido depressa, continuou a ser parte do território administrado por Torcello mas sem nenhum dos privilégios que os seus habitantes, ou os de Murano, tinham. A situação só se alterou, e a ilha teve importância no século XVI, quando as mulheres locais começaram a produzir belas peças de renda, que rapidamente começou a ser exportada para o resto da Europa. No século XVIII a industria da renda começou o seu declínio, uma tendência que só seria contrariada em 1872, quando uma escola profissional foi aberta para as tecedeiras, trazendo um novo fôlego à industria, contudo actualmente já não se produzem peças de renda de maneira tradicional na ilha, uma vez que é um trabalho de mão de obra intensiva (cada peça leva várias horas para produzir), o que o torna muito caro.

Vídeo sobre Burano: http://www.youtube.com/watch?v=j-MuVUaX7Zw&feature=related

Site: http://www.isoladiburano.it/


TORCELLO

Torcello é uma ilha situada ao norte da Lagoa de Veneza. É considerada a região de Veneza continuamente habitada há mais tempo. O principal atrativo da ilha é a Catedral de Santa Maria Assunta, fundada em 639 e com muitas obras bizantinas dos séculos XI e XII, incluindo mosaicos.

Após a queda do Império Romano, Torcello foi uma das primeiras ilhas da lagoa a serem sucessivamente povoadas por aqueles que fugiram da cidade de Veneti em terra firme (continente), para se abrigar das invasões bárbaras recorrentes, especialmente depois de Átila, o Huno, destruíu a cidade de Altinum e todos os assentamentos em torno de 452.

Embora a região de Veneto formalmente pertencesse ao exarcado bizantino de Ravenna desde o fim da Guerra Gótica manteve-se inseguro por conta de freqüentes invasões germânicas e guerras: Durante os 200 anos seguintes os lombardos e francos alimentaram um fluxo permanente de refugiados urbanos sofisticados para a segurança relativa da ilha, incluindo o bispo de Altino. Em 638 Torcello tornou-se oficialmente o bispado por mais de mil anos e as pessoas de Altinum trouxeram consigo as relíquias de São Heliodoro, agora, o padroeiro da ilha.

Vídeo sobre Torcello: http://www.youtube.com/watch?v=VVuIpw1dOd0


Fotos e textos: Wikipedia

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...