É sua primeira vez por aqui? Entenda o blog: No dia 13/08/2010 eu criei este blog apenas para programar a minha viagem para a Itália... Ele cresceu muito, fiz muitos amigos e virou uma fonte de informações para muitas pessoas. Para melhor compreensão, ele foi dividido em três partes: 1) as pesquisas sobre cada cidade, atrações turísticas, gastos,... e o marcador que eu adoro: Entrando no clima, onde experimentei receitas, filmes, livros,... 2) A montagem do meu roteiro passo a passo: todos os dias estão na guia ROTEIRO FINAL; 3) O relato completo da minha viagem - todos os dias - com informações, dicas, gastos totais... etc. Estão na guia MINHA VIAGEM. Entre... o blog é seu!!! Aqui você vai encontrar informações sobre as cidades que eu visitei: Milão, Lago di Como, Turim, Verona, Pádova, Vicenza, Veneza, Florença, Pisa, Lucca, San Gimignano, Siena, Arezzo, Cortona, Cinque Terre, Assis, Roma, Pompéia, Capri, Sorrento, Positano e Nápoles... Este projeto foi finalizado pois estou com outro agora: http://www.toindoparaafranca.blogspot.com/ - mas entrarei aqui uma vez por semana para responder comentários, perguntas, etc... BOA VIAGEM À ITÁLIA!!!

quinta-feira, 28 de abril de 2011

Dica sobre a Toscana: Dario, o açougueiro...

Boa noite, pessoal...

Convidei o Eduardo - Chef de Cozinha - para escrever um texto sobre o Dario, o mais famoso açougueiro da Toscana... Agora, o TÔ INDO PARA A ITÁLIA está chique, com participações especiais... rs:

Antes de fecharmos Toscana, que tal uma passadinha em algum restaurante típico para almoçar e saborear uma legítima bisteca fiorentina? Claro que este restaurante tem que ser a Macceleria do Dário Cecchini, que é o mais famoso açogueiro de Toscana.

Quem gosta de carne - como eu - não pode deixar de ir... Você pode aproveitar e aprender como trabalhar com a famosa bisteca, desfrutando do convívio de todos e saboreando um bom vinho da região de Chianti.

A bistecca alla Fiorentina é um prato de carne típico da cozinha italiana muito tradicional na região da Toscana. Consiste em um corte do filé bovino, geralmente de um animal da raça Chianina da faixa de 10 a 15 meses de idade. Essa parte é bem espessa e contém osso.


O nome desse filé provém da antiga tradição florentina de celebrar a festa de São Lourenço. A comemoração era patrocinada pela Família Médici no dia 10 de agosto de cada ano, quando a cidade ficava toda iluminada e carne bovina era servida em grande quantidade a toda a população. Viajantes ingleses que apreciavam a carne nessa festa, a pediam como “beaf-steak”, daí o nome italianizado para bistecca - dados da Wikipédia.

Informações, como chegar e dados sobre o açougue e o restaurante, entre no site:
http://www.dariocecchini.com/

16º dia - ROTEIRO FINAL - Arezzo e Cortona

- CIDADE: QUARTA CIDADE BASE - FLORENÇA

- MANHÃ:
O café da manhã não está incluído na diária do hotel. Vou comprar algumas coisas no mercado ou tomar o café em alguma cafeteria.

- IR PARA A ESTAÇÃO - DIREÇÃO: Arezzo
Partindo de Florença:
- De Florença a Arezzo: de Trem; 1h30 de duração; 5,80 euros.
Bilhetes: http://www.trenitalia.it/
Total gasto: Trem: 5,80 Euros

Atrações - AREZZO: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Arezzo

- ALMOÇO - em Arezzo:
Tratoria Il Saraceno
http://www.ilsaraceno.com/default.asp
Via Mazzini, 6
Cardápio: http://www.ilsaraceno.com/ita/menu.asp
Total Gasto: 20 euros

PARTIR PARA CORTONA

- COMO CHEGAR:
- De Arezzo (onde eu estarei): Pegar o trem até a Estação (20m). Depois, pegar um ônibus até Cortona.
Total Gasto: Ônibus: 2,70 Euros - Trem: 2,40 Euros.
TOTAL GERAL: 5,10 Euros

Atrações - CORTONA: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Cortona

- LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR - Em Cortona:
Uma pizza em alguma pizarria perto do centro
Total Gasto: 10 Euros

- PEGAR TREM - DIREÇÃO: FLORENÇA
Ônibus de Cortona até Camucia: 2,70 Euros
Trem de Camunica a Florença: 7,30 Euros
Total Gasto: 10 Euros

- IR PARA O HOTEL.

TOTAL GASTO NO 16º DIA:
Hotel - 49 Euros - quarto duplo (conta 24,50 Euros por pessoa)
Gastos individuais: 55,90 Euros
Margem: 19,20 Euros

TOTAL GERAL: 100 Euros

Cuidado com o Coperto...

Existem algumas taxas (pois é, fazer o quê? rs) que cobram em terras italianas...

Uma delas está vinculada com restaurantes, cafés e lanchonetes: se você pedir algo e comer em pé é um valor. Agora, se pedir e sentar nas mesas, você pode levar um susto na hora de pagar a conta...rs

Esta taxa pode variar de 0,50 a 5 Euros em alguns locais. É o famoso e tradicional COPERTO, a taxa adicional para sentar-se à mesa... Matemática simples:
- PEDIU = PAGOU (MENOR VALOR)
- PEDIU + SENTOU = PAGOU {MAIOR VALOR (SUSTO!!!)}

Então, PRESTE ATENÇÃO: se não estiver impresso no cardápio, PERGUNTE se o estabelecimento cobra alguma taxa extra ou qual o valor do coperto, para não haver surpresas que poderão estragar a sua boa refeição!

Estou apavorado com os preços das passagens...

Boa tarde, pessoal...

Comprei minha passagem em Janeiro e paguei R$ 2.359,24 - a mais em conta na época.

Por curiosidade, dei uma olhada hoje nos preços para comprar a mesma passagem, para o mesmo período.

Quase cai da cadeira quando vi o preço 2.592 DÓLARES - a mais em conta.

No câmbio de hoje, por volta de R$ 4.147,20.

Pôxa!!!

E isso que ainda faltam quase dois meses para a viagem...

Imagina o valor para quem compra com quinze dias de antecedência???

quarta-feira, 27 de abril de 2011

15º dia - ROTEIRO FINAL - San Gimignano e Siena

- CIDADE: QUARTA CIDADE BASE - FLORENÇA

- MANHÃ:
O café da manhã não está incluído na diária do hotel. Vou comprar algumas coisas no mercado ou tomar o café em alguma cafeteria.

- IR PARA A ESTAÇÃO - DIREÇÃO: San Gimignano:
Partindo de Florença:
Existem muitos trens de Florença (1h15m de duração e 5,20 euros o bilhete) ou de Siena que passam em Poggibonsi. Daqui pegar o ônibus que parte da frente da estação. Para informações e passagens dirigir-se ao bar fora da estação à direita.
Bilhetes: http://www.trenitalia.it/
Total gasto: Trem: 5,20 Euros - Ônibus: 2,70 Euros
TOTAL GERAL: 7,90 Euros

Atrações - SAN GIMIGNANO: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/04/san-gimignano.html

Tomar um Gelatto na praça central de SG, considerado o melhor sorvete do mundo!

PARTIR PARA SIENA

- COMO CHEGAR:
- De San Gimignano (onde eu estarei): Pegar o ônibus em San Gimigano para Poggibonsi e de lá pegar o trem para Siena.
Total Gasto: ônibus: 2,70 Euros - Trem: 2,40 Euros.
TOTAL GERAL: 5,10 Euros

Atrações - SIENA: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/04/siena.html

- ALMOÇO - em Siena:
Antica Osteria da Divo
http://www.osteriadadivo.it/index.htm
Rua Franciosa, 25/29 - Siena - Perto do Duomo.
Cardápio: http://www.osteriadadivo.it/ita/menu.htm
Total Gasto: 20 euros

- LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR - Em Siena:
Uma pizza em alguma pizarria perto do centro
Total Gasto: 10 Euros

- PEGAR O TREM - DIREÇÃO: FLORENÇA.
Total Gasto: 6,30 Euros

- IR PARA O HOTEL.

TOTAL GASTO NO 15º DIA:
Hotel - 49 Euros - quarto duplo (conta 24,50 Euros por pessoa)
Gastos individuais: 54,30 Euros
Margem: 21,20 Euros

TOTAL GERAL: 100 Euros

Como procuro os restaurantes?

Bom dia, amigos...

Recebi hoje um comentário da Elvira, do ótimo http://evipensieri.wordpress.com/ :

Oi Marcio.

Seus roteiros são super detalhados. Parabéns!!!
Fiquei com uma curiosidade: como você escolhe os restaurantes onde você vai comer ?

Bjs.

Elvira

Como pode ser uma dúvida geral, vou responder para todos porque, depois que recebi o comentário da Erica, eu me toquei que as pessoas podem pensar: "Como esse louco escolhe os restaurantes sendo que ele nunca foi lá???" rsrs. Era o que eu pensaria...rsrsrs.

Vejam: os restaurantes que eu listo no ROTEIRO FINAL são um exemplo... Preciso destes exemplos para ter uma noção de preços - quanto eu irei gastar no dia. Nada impede eu ir em outro restaurante, mas preciso desta noção... Mas, encontrei alguns que realmente eu vou , porque - pelas dicas e sites - parecem ser ótimos...

Como eu procuro? Simples: eu "jogo" no Google frases como: restaurantes Pisa. Abro o mapa do Google onde estão pontuados os restaurantes e vejo os pontos próximos, como os turísticos... Depois, vejo os restaurantes que possuem sites (atualmente, até os que são apenas uma "portinha" possuem) e olho os que possuem Menú/Cardápio com preços... Geralemente, eles não colocam os valores... Mas, procuro até achar um. Se eu gostei muito de um restaurante, eu mando um email solicitando a média dos preços de um prato.

Pronto!!!

É... eu sei que é muito trabalho... rsrs. Mas, eu já faço para mim e para vocês ; - )

terça-feira, 26 de abril de 2011

14º dia - ROTEIRO FINAL - Pisa e Lucca

- CIDADE: QUARTA CIDADE BASE - FLORENÇA

- MANHÃ:
O café da manhã não está incluído na diária do hotel (também, por aquele preço...rs). Vou comprar algumas coisas no mercado ou tomar o café em alguma cafeteria.

- IR PARA A ESTAÇÃO - DIREÇÃO: PISA
Partindo de Florença:
De trem - 8,70 euros (1ª classe); 5,70 (2ª classe)
A viagem dura mais ou menos 1 hora
Bilhetes: http://www.trenitalia.it/
Total gasto: 5,70 Euros

Ao desembarcar, você pode escolher:
- Ir a pé até o centro da cidade ou
- Pegar o ônibus 1,3,11 ou o Lam Rossa: deixam na entrada da torre (informação: http://blogjunto.com/turistaprofissional)

Atrações: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Pisa

- ALMOÇO - em Pisa:
Oseria dei Cavalieri
http://www.osteriacavalieri.pisa.it/
via San Frediano, 16 - Pisa
Menu: http://www.osteriacavalieri.pisa.it/menu.htm
Total Gasto: 20 euros

PARTIR PARA LUCCA

- COMO CHEGAR:
- De Pisa (onde eu estarei): de Pisa Centrale (estação) à Lucca - Trem; duração: 25m; Preço: 2,70 euros.
Total Gasto: 2,70

Atrações: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Lucca

- LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR - Em Lucca:
Ristorante All'Olivo
http://www.ristoranteolivo.it/
Piazza San Quirico, 1
55100 LUCCA
Total Gasto: 15 Euros

- PEGAR O TREM - DIREÇÃO: FLORENÇA.
Total Gasto: 5,20 Euros

- VOLTAR PARA O HOTEL.

TOTAL GASTO NO 14º DIA:
Hotel - 49 Euros - quarto duplo (conta 24,50 Euros por pessoa)
Gastos individuais: 53,60 Euros
Margem: 21,90 Euros

TOTAL GERAL: 100 Euros

Torre de Pisa - Reaberta para visitação

Boa tarde, pessoal...

Foto e notícia na capa da Folha de São Paulo hoje:

Depois de 20 anos de obras de restauração, a torre inclinada de Pisa (Itália) é reaberta para visitação do público.

 
Foto e notícia: http://fotografia.folha.uol.com.br/galerias/2731-imagens-do-dia#foto-53836

13º dia - ROTEIRO FINAL - Florença

- CIDADE: QUARTA CIDADE BASE - FLORENÇA

- MANHÃ:
- Café da manhã: comprar algo no mercado ou ir em uma cafeteria.

Atrações :
- http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/04/vou-comecar-as-atracoes-turisticas-de.html
- http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/04/atracoes-turisticas-florenca-parte-02.html

- VISITAR NESTE DIA:
- Galeria dell'Accademia - 14h30 -  14 euros (já comprada online);
- Piazza della Signoria.
- Palazzo Vecchio.
- Piazza Michelangelo.
- Palazzo Pitti - 8,50 Euros.
- Capela Brancacci - 4 Euros.
- Museu del Bargello - 4 Euros.
Total Gasto: 30,50 Euros.

- ALMOÇO:
Trattoria Marione
http://www.casatrattoria.com/ristoranti.asp?id=5
Via della Spada 27R - FIRENZE
Total Gasto: 20 euros

- 14h30m - GALLERIA DELL'ACCADEMIA
Informações: http://www.firenzemusei.it/accademia/
Já comprei o bilhete online - Veja as informações de como proceder no link acima.
Reservei antecipadamente para evitar filas.

- LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR:
Pizzeria Franco
Via de Guicciardini 7, Florença Itália
Preço: pizza pequena: 5 Euros; Suco: 3 Euros
Total Gasto: 8 euros

- VOLTAR PARA O HOTEL.

TOTAL GASTO NO 13º DIA:
Hotel - 49 Euros - quarto duplo (conta 24,50 Euros por pessoa)
Gastos individuais: 63,50 Euros
Margem: 12 Euros

TOTAL GERAL: 100 euros

12º dia - ROTEIRO FINAL - Florença

- CIDADE: QUARTA CIDADE BASE - FLORENÇA

- MANHÃ:
- Fechar o hotel em VENEZA;
- Café da manhã - em alguma cafeteria (último café em Veneza...)
- Ir para a Estação Santa Lucia.

- PARTIDA PARA FLORENÇA:
Bilhete de Trem para Veneza -
Saída 08:27h - Veneza Santa Lucia
Chegada 10:30h - Fireze S. M. Novella
Total Gasto: 26 euros (já comprada on-line)

- IR PARA O HOTEL: LOCANDA DI FIRENZE - http://www.locandadifirenze.com/
Mapa no site.
Preço: 294 Euros - quarto duplo - 6 diárias (49 euros - diária; 24,50 para cada um)
Total Gasto: 24,50

Atrações :
- http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/04/vou-comecar-as-atracoes-turisticas-de.html
- http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/04/atracoes-turisticas-florenca-parte-02.html

- VISITAR NESTE DIA:
- Galeria Uffizi - 14h30 - 14 euros (já comprada online);
- Ponte Vecchio;
- Duomo;
- Basílica de Santa Croce;
- Basílica de Santa Maria Novella - 2,70 euros;
- Basílica de San Lorenzo - 2,50 euros;
Total Gasto: 19,20 Euros.

- ALMOÇO:
Golde View
http://www.goldenviewopenbar.com/index.php?method=section&id=12&title=RISTORANTE
Via de Bardi 58 r - Ponte Vecchio Firenze
COM UMA VISTA MARAVILHOSA PARA A PONTE VECCHIO
Cardápio com preços: http://www.goldenviewopenbar.com/menu_ristorante/menu_index.html
Total Gasto: 20 euros (pretendo...rs)

- 14H30M - GALLERIA UFFIZI
Informações: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/2011/03/galleria-degli-uffizi.html
Já comprei o bilhete online - Veja as informações de como proceder no link acima.
Reservei antecipadamente para evitar filas.

- LANCHE DA TARDE: Passar em uma doceria ou paninni.
Total Gasto: 5 euros

- JANTAR: Quero comer um Panini neste lugar (espero que não seja caro...rs):
PROCACCI
http://www.procacci1885.it/
Via Tornabuoni, 64/r
50123 Firenze
Total Gasto: 10 euros

- VOLTAR PARA O HOTEL.

TOTAL GASTO NO 12º DIA:
Hotel - 49 Euros - quarto duplo (conta 24,50 Euros por pessoa)
Gastos individuais: 80,20 Euros
Margem: 15,30 Euros

TOTAL GERAL: 120 euros

segunda-feira, 25 de abril de 2011

Toscana - Final

Boa noite, pessoal...

Terminei as pesquisas sobre Florença e a Toscana...

Os dez primeiros dias da minha viagem estão aqui: http://toindoparaaitalia.blogspot.com/search/label/Roteiro%20Final

Os próximos posts serão:

- 11º Dia - ROTEIRO FINAL - Florença
- 12º Dia - ROTEIRO FINAL - Florença
- 13º Dia - ROTEIRO FINAL - Pisa e Lucca
14º Dia - ROTEIRO FINAL - San Gimignano e Siena
- 15º Dia - ROTEIRO FINAL - Arezzo e Cortona
- 16º Dia - ROTEIRO FINAL - Cinque Terre

Abraços!

As Cinco Terras - Cinque Terre - 5T

Boa tarde, pessoal...

Com este post, fecho meu roteiro para os arredores de Florença...

Agora, vamos conhecer as Cinco Terras - Cinque Terre - 5T, através do texto da Wikipédia:

Cinque Terre é o nome dado a um acidentado trecho de terra, na Itália, na costa da Riviera Ligure situado entre Punta Mesco próximo a Levanto e o Cabo de Montenero próximo a Portovenere e compreende as comunas de Monterosso, Vernazza, Riomaggiore com os distritos de Corniglia e Manarola. Constituem uma das principais atrações turísticas da Riviera Ligure.

Estas localidades, que junto com Porto Venere e as ilhas de Palmaria, ilha de Tino e Tinetto foram declaradas em 1997 Patrimônio da Humanidade pela UNESCO, são caracterizadas pelo relevo montanhoso próximo ao mar. Típicos desta zona são os terraços devidos à particular técnica agrícola usada para usufruir tanto quanto possível os terrenos com grande inclinação.

Em 1999 foi instituído o Parque Nacional de Cinque Terre cujo território se estende da zona de Tramonti, na comuna de la Spezia, à comuna de Monterosso. O parque tem a particularidade de ser o único na Itália em ambiente trabalhado pelo homem. Um de seus objetivos é, de fato, proteger os terraços e os muros que o contêm.

Próximo à costa foi instituída a Área Marinha Natural Protegida de Cinque Terre, compreendida entre a Punta Mesco e o Cabo de Montenero, classificados como "zona A". A reserva tem o objetivo de proteger flora e fauna que, dada a conformação rochosa da costa, apresentam, já a baixa profundidade, particularidades não comuns no resto do Mar Mediterrâneo.

Dada a localização pouco dotada de infraestrutura de estradas, o acesso mais fácil é por ferrovia. Todas as cinco localidades, dispostas sobre a linha ferroviária Gênova-La Spezia, têm uma estação. Atração interessante é a estrada do amor (via dell'amore) que com sua história é ligada à ferrovia Gênova - La Spezia. A estrada era usada no início de 1900 para depositar o pó de disparo utilizado na construção da galeria ferroviária entre Riomaggiore e Manarola. O melhor modo de visitar Cinque Terre é a pé percorrendo o assim chamado "sentido Azzurro" (cerca de cinco horas).

Texto da Folha de São Paulo - http://www1.folha.uol.com.br/folha/turismo/noticias/ult338u5750.shtml:

Itália "Particolare": Natureza difícil moldou paisagem de Cinque Terre
LANE FERNANDES
Colaboração para a Folha de S.Paulo, na Ligúria (Itália)

A cidade de Cinque Terre possui uma singular alquimia de tradição, história e beleza, com natureza irregular e difícil. Revela um ângulo remoto e secreto da Itália, que ainda se conserva intacto e misterioso. Tanto é que a Unesco elegeu esse pedaço de costa aberto para o mar, quase totalmente dominado pelas rochas e com praias escassas, como patrimônio da humanidade.

Seus primeiros colonos pouco conheciam do mar. Tinham uma relação maior com a terra. Para poder cultivar seus produtos, criaram terraços e muros de proteção sobre a costa. Esse processo durou mais de mil anos e criou uma cênica visão. Com a criatividade de seus habitantes, que souberam extrair desse rústico ambiente natural as oportunidades para uma agricultura peculiar, Cinque Terre sobreviveu.

Em seus vinhedos cultivados em terraços que se alternam a níveis com plantações de oliveiras, são produzidas uvas que geram célebres vinhos, como aqueles que têm origem controlada e o vinho de palha Sciachetrá, raro e precioso. É necessário ficar atento para não se deixar enganar pelos comerciantes que ofertam esse vinho, pois muitos deles não vendem o verdadeiro Sciachetrá.

Únicas, as uvas selecionadas, após um tempo, são postas dentro de um sótão ou celeiro arejadas e protegidas da umidade e da luz do sol. Só após esse processo estarão prontas para a produção desse vinho doce. Pode-se chegar aos seus cinco vilarejos --Monterosso al Mare, Vernazza, Corniglia, Manarola e Riomaggiore-- de carro, a pé, somente para os amantes de trekking, ou de trem, maneira mais cômoda.

Monterroso al Mare é o centro principal. Logo ao lado da estação ferroviária, o viajante se depara com a zona turística de Fegina, que tem a melhor praia dessa região. Ali, Eugenio Montale, prêmio Nobel da Literatura de 1975, encontrou inspiração para escrever "Ossos de Sépia".

Vernazza é a próxima vila. Pequena e graciosa, sua praça fica animada, com restaurantes e bares. Depois, Corniglia, localizada 193 m acima do nível do mar, é o menor e mais silencioso vilarejo de Cinque Terre. Prosseguindo viagem, chega-se a Manarola, de onde parte a celebre via dell'Amore, uma estrada escavada em meio às rochas sobre o mar. Finalmente, encontra-se Riomaggiore, sede do Parque Nacional de Cinque Terre, que foi criado com o objetivo de manter um turismo responsável, investindo em sua identidade e seus produtos.


COMO CHEGAR

Vou estar em Florença. Fiz a pesquisa pelo Trenitalia:
- Exemplo: Pego o trem na Estação Santa Maria Novella às 7h. Desço em Pisa Centrale às 7h49. Troco de trem e chego em La Spezia às 9h04. Troco de trem e chego em Monterosso às 10h17. Tempo de viagem: 3h17; Preço do bilhete: 14 euros.

Existem várias opções de Trem, dependendo da cidade de origem.


AS VILAS E O PERCURSO - Fonte: Guia Série por dentro da Viagem - Itália

De Monterosso a Vernazza:
Extensão: 3km
Duração: 2h
Nível de dificuldade: médio

De Vernazza a Corniglia
Extensão: 4km
Duração: 1h30
Nível de dificuldade: Leve

De Corniglia a Manarola
Extensão: 2km
Duração: 1h
Nível de Dificuldade: Leve

De Manarola a Riomaggiore - percurso conhecido como a Via dell'Amore
Extensão: 1km
Duração 1/2h
Nível de dificuldade: Nenhum

Mapa - Fonte: Wikitravel


O QUE VER

As vilas e as trilhas...


SITES

http://www.cinqueterre.it/

http://www.lecinqueterre.org/

http://www.cinqueterreonline.com/

http://www.parconazionale5terre.it/


CINQUE TERRE CARD

Para percorrer as 5T, é necessário o Cinque Terre Card. Os cartões são comercializados de acordo com o número de dias: 1,3,5 ou 7 dias.
Preços: http://www.cinqueterre.com/ita/information/card/#card
Informações sobre o cartão: http://www.parconazionale5terre.it/5terrecardsnuovo.asp?id_lingue=1


REPORTAGEM

http://www.viaje.com.br/roteiro-de-viagem/cinque-terre-cinco-vilas-para-nao-esquecer/


MAPAS

http://www.lonelyplanet.com/maps/europe/italy/cinque-terre/map_of_cinque-terre.jpg


Vernazza - Foto: Wikipédia

domingo, 24 de abril de 2011

A Páscoa na Itália...

Bom dia, pessoal...

Encontrei dois textos bons sobre a Páscoa na Itália:

http://meiroca.com/a-pascoa-na-italia/

http://www.blogbelavida.pop.com.br/post/1583/pascoa-na-italia-festas-de-tradicoes-milenares

Aproveito para desejar uma FELIZ PÁSCOA para:
- Todos os visitantes do blog;
- Aos meus amigos blogueiros, que tanto me ajudam na construção da minha viagem;
- Em especial, para aqueles que estão embarcando para a Itália...


Porque eu escolhi esta imagem: Eu estava procurando uma imagem para ilustrar este post... Achei diversos coelhos, mensagens bíblicas, etc... Algumas lindas, outras maravilhosas... e vi esta: na hora, em minha mente, surgiu o significado de RENASCER. O ovo, símbolo da Páscoa, está representado como o nascer do sol... Todos os dias, dormimos e renascemos pela manhã... Um novo dia, novas oportunidades, um novo presente de Deus... que devemos aproveitar todos os segundos. Deus deu esta maravilha que chamamos de vida, pela qual devemos agradecer sempre... Páscoa é renascer, é viver, é se transformar... É levantar, depois de diversos problemas e obstáculos, e escolher a VIDA como opção!!!

A todos, uma FELIZ PÁSCOA!!!

sábado, 23 de abril de 2011

Celular do Brasil na Itália...

Boa noite, pessoal...

Tenho um celular da TIM e acabei de ligar para pedir informações sobre as ligações na Itália com celular do Brasil... Meu plano é pós-pago.

Antes de sair do Brasil - se você for usar seu celular brasileiro - você deve ativar o Roming International. Pode ser até no dia que você irá viajar... é rápido.

Tarifas Pós-pago - preço em DÓLARES:

Para fazer ligação para o Brasil: 4,69 dólares - por minuto;
Para fazer ligação para outro país: 5,69 dólares - por minuto;
Para receber ligação: 2,19 dólares - por minuto;
Mensagem enviada: 1,09 dólares - por cada mensagem;
Mensagem recebida: GRÁTIS

Para celular Pré-pago eles estão com uma promoção - preço em REAIS:

Chamada originada ou recebida: R$ 2,25 - por minuto;
Mensagem enviada: R$ 1,50 - por cada mensagem;
Mensagem recebida: GRÁTIS

Dados retirados da ligação para a TIM e do site da operadora.

Vou acrescentar o comentário da Lilian (fantástica em suas dicas) nest post:

E quem vai sem celular? Se não falar a língua estrangeira, o melhor jeito é usar o serviço Brasil Direto, da Embratel. Com ele, é possível ligar a cobrar de qualquer telefone, inclusive público, e pagar a ligação só na volta para o Brasil, em reais. Essa cobrança também pode ser feita em um número de telefone que não o de destino. Na Itália o número é 1721055.


Informações coletadas neste link: http://www.sairdobrasil.com/2007/12/29/como-ligar-para-o-exterior-e-para-o-brasil/


Aproveite e anotem pois ai ele fornece vários serviços em diversos países.


Sempre que viajar para o exterior leve estes números em sua bagagem. Com eles,você liga a cobrar para o Brasil de qualquer telefone, inclusive dos públicos. E para ligar, é muito simples.
Digite o numero do país em que você em você estiver (tabela acima).
Tecle para 1 atendimento em português ou 2 para inglês.
Tecle 1 para ligações a cobrar: digite o código da cidade no Brasil + o numero do telefone.
Tecle 2 para ligações com cartão pós-pagos (siga a instruções do Cartão).
Tecle 3 para ligações com auxílio do operador.


Beijos!!!
Lilian

Mais uma dica da Lu Nascimento (Obrigado):

Tem outra opção muito mais barata para quem vai a Itália. Na minha opinião vale até para quem vai ficar uma semana. Compre um chip da Wind (eles chamam de Sim Card). Custa 10 euros e depois compre um cartão de 5 euros da Welcome! É um cartão que você usa para falar de telefones públicos para o Brasil. Se você ligar com ele de seu celular Wind você terá muitos minutos (eu me lembro que nun cartão novo dá uns 500, 600 para ligar para fixo). Então você ligará à vontade para um fixo ou até mesmo celular e gastará menos, pois digitando *123# você acompanha o saldo dos créditos e recarrega igual fazemos aqui, em inúmeros pontos de venda. Fica a dica que me ajudou muito quando estava lá. Até já pedi a uma amiga para recarregar meu Wind pois pretendo chegar lá com meu número ativo. Ele pega aqui no Brasil também (não é exatamente uma informação útil mas diferentemente das nossas operadoras, funciona em qualquer lugar mesmo).

SAN GIMIGNANO

E a última cidade do dia: San Gimignano...

San Gimignano é uma comuna italiana da região da Toscana, província de Siena, com cerca de 7.105 habitantes. Estende-se por uma área de 138 km², tendo uma densidade populacional de 51 hab/km². Faz fronteira com Barberino Val d'Elsa (FI), Certaldo (FI), Colle di Val d'Elsa, Gambassi Terme (FI), Poggibonsi, Volterra (PI).

Foi um importante ponto para as peregrinações até Roma pela Via Francigena. As famílias de patrícios que controlavam a cidade construíram cerca de 72 torres-casa (algumas atingem 50 m de altura) como símbolo do seu poder e riqueza. Embora hoje só existam 14 de tais estruturas, San Gimignano mantém a atmosfera feudal e é muito procurada pelos turistas. A pequena localidade contém muitas obras de arte datadas dos séculos XIV e XV.


COMO CHEGAR - http://www.asangimignano.com/index.php?p=sangi_indicazioni_arrivare&l=por

De Trem
Existem muitos trens de Florença (1h15m de duração e 5,20 euros o bilhete) ou de Siena que passam em Poggibonsi. Daqui pegar o ônibus que parte da frente da estação. Para informações e passagens dirigir-se ao bar fora da estação à direita.

De Ônibus
A mesma coisa do trem vale para os ônibus. De Florença (Via SantaCaterina- em frente à estação FS di Santa Maria Novella) ou de Siena (localidade La Lizza) pegar o ônibus que pára em Poggibonsi. Daqui pegar outro ônibus para San Gimignano.

Empresa de ônibus: http://www.sitabus.it/

Alguns horários de ônibus: http://www.sangimignano.net/tourist-informations/bus-timetable.php


VÍDEOS

http://www.youtube.com/watch?v=-lW_oSzcz2E&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=yGdS0T19BbI

http://www.youtube.com/watch?v=hxhN7FrMV3c&feature=related


O QUE VER?

Gostei deste site, é só clicar no nome e abre a foto:

Monumentos: http://www.asangimignano.com/index.php?p=sangi_vedere_monumenti&l=por

Igrejas: http://www.asangimignano.com/index.php?p=sangi_vedere_chiese&l=por

Museus: http://www.asangimignano.com/index.php?p=sangi_vedere_musei&l=por

Outros: http://www.asangimignano.com/index.php?p=sangi_vedere_altro&l=por


SITES

http://www.sangimignano.com/

http://www.san-gimignano.com/

http://www.sangimignano.net/

http://www.asangimignano.com/


MAPAS

http://www.planetware.com/map/san-gimignano-map-i-sangim.htm

http://www.munditravel.com/jpg/san95.jpg

Foto: Wikipédia

SIENA

Boa tarde, meus amigos...

Estou aproveitando o feriado para colocar as pesquisas em dia...
Depois de Pisa, Lucca, Arezzo e Cortona, vamos para SIENA???

Siena (em português também conhecida como Sena) é uma cidade e sede de comuna italiana na região da Toscana, província do mesmo nome, com cerca de 52.775 (ISTAT 2003) habitantes. Estende-se por uma área de 118 km², tendo uma densidade populacional de 447 hab/km². Faz fronteira com Asciano, Castelnuovo Berardenga, Monteriggioni, Monteroni d'Arbia e Sovicille.

Siena é universalmente conhecida pelo seu património artístico e pela notável unidade estilística do seu centro histórico, classificado pela UNESCO como Património da Humanidade.

Para saber a história, clique aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Siena

Texto do Guia Folha de São Paulo - Itália:

As principais atrações de Siena estão reunidas em um labirinto de ruas e vielas ao redor da Piazza del Campo, que tem forma de leque. Uma das maiores praças medievais da Europa, a piazza fica no meio das 17 çontrade (paróquias) da cidade. A antiga rivalidade existente entre elas é lembrada, de dois em dois anos, no Palio. Nas ruas, podem-se ver os símbolos das paróquias em flâmulas, placas e entalhes, demonstrando a lealdade dos moradores à contrada onde nasceu. Andar por Siena, situada em uma colina, também pode revelar encantadores refúgios e paisagens inesperadas.

COMO CHEGAR?

De Florença a Siena: Trem - duração da viagem: 1h30m - preço do bilhete: 6,30 euros.


VÍDEOS

http://www.youtube.com/watch?v=hF7-wxFsE0o

http://www.youtube.com/watch?v=ru7kr_O0uhw&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=Dss7odG_TNs&feature=fvwrel

http://www.youtube.com/watch?v=oNwwVYugcFY


O QUE VER? - Texto: Wikipédia

A sua catedral, iniciada em meados do século XII, é um representativo exemplo da arquitectura gótica italiana. A fachada principal, obra de Giovani Pisano, foi terminada em 1380; no interior pode ver-se o púlpito octogonal apoiado sobre leões de Nicola Pisano, e o seu pavimento de mosaicos. Sob a catedral, no batistério, encontra-se a magnífica pia batismal com baixo-relevos de Donatello, Ghiberti, Jacopo della Quercia e outros escultores do século XV. A Pinacoteca Nacional de Siena tem importante coleção de obras do Trecento e do Quattrocento.

A praça principal, em forma de meia-lua, é a Piazza del Campo, e é onde se encontra o Palazzo Pubblico (câmara municipal ou prefeitura, século XIV), com o famoso Campanile (campanário), e onde se encontram os afrescos de Simone Martini e Ambrogio Lorenzetti e relevos da Fuente Gaia de Jacopo della Quercia. Nesta praça também está a alta Torre del Mangia. Na Piazza del Campo realiza-se a famosa e emotiva corrida de cavalos chamada Palio di Siena. O Palio é feito duas vezes por ano, a 2 de Julho e 16 de Agosto, com 10 cavalos e cavaleiros, e cada par representa um dos 17 bairros da cidade, designados contrade. Excepcionalmente, em anos de Jubileu realiza-se um terceiro Palio.

Bilhetes e Sites:
- Chiesa di San Domenico: http://www.basilicacateriniana.com/ - Das 9h às 18h - Grátis;
- Duomo: http://www.operaduomo.siena.it/ - Seg. a Sexta das 10h30 às 19h30; Sáb. e Dom. das 13h30 às 17h30 - Preços e horários da Catedral, Museu dell Ópera, Battisterio, Cripta, Oratório di San Bernardino e o Museu Diocesano di Arte Sacra: http://www.operaduomo.siena.it/orari.htm
- Museu Civico e Torre dei Mangia: 10h às 17h - ingresso conjunto: 13 euros; Individual: Museu - 8 euros e Torre - 7 euros.
- Pinacoteca Nazionale: http://www.ticketeria.it/pinacotecadisiena-informazioni.asp - Seg. e Dom. 8h30 às 13h30; Ter. a Sáb. das 8h15 às 19h15; 4 euros;

SITES

http://www.comune.siena.it/

http://www.sienaguidavirtuale.it/

http://www.burger.si/Italy/Siena/05.html

http://www.aboutsiena.com/


MAPAS

http://mappery.com/map-of/Siena-Map-3

http://www.iswcs.org/iswcs2005/images/mapOfSiena.jpg

http://www.tuscany-hotels.net/Siena/italy/ATorre_Map.jpg

http://www.hotelcentralesiena.com/map.htm

Foto: Wikipédia

CORTONA

Vamos para Cortona, a cidade do filme "Sob o Sol da Toscana"?

Cortona é uma comuna italiana da região da Toscana, província de Arezzo, com cerca de 22.046 habitantes. Estende-se por uma área de 342 km², tendo uma densidade populacional de 64 hab/km². Faz fronteira com Arezzo, Castiglion Fiorentino, Castiglione del Lago (PG), Città di Castello (PG), Foiano della Chiana, Lisciano Niccone (PG), Montepulciano (SI), Sinalunga (SI), Torrita di Siena (SI), Tuoro sul Trasimeno (PG), Umbertide (PG). É o centro cultural e artístico principal do Val di Chiana após Arezzo. O caráter predominante de Cortona é a arquitetura medieval, com ruas estreitas e íngremes situada em uma colina (altitude 600 metros).

Texto do Guia da Folha de São Paulo - Itália:

Fundada pelos etruscos, Cortona é uma das mais antigas - e mais belas - cidades nas colinas da Toscana. Muito poderosa na Idade Média, foi capaz de defender-se conta Siena e Arezzo. Hoje apresenta-se como um atraente labirinto de ruas antigas e construções medievais...


COMO CHEGAR?

Vi em vários sites que os turistas chegam em Camucia e caminham - mais de 5km - para chegar em Cortona... Vou ver se encontro outro modo...rs

Você sai de Florença até a estação de Camucia, Terontola ou Arezzo.
Firenze x Camucia: 1h30 de viagem - 7,30 euros o bilhete.
Firenze x Terontola: 1h30 de viagem - 7,90 euros o bilhete.
Firenze x Arezzo: 1h30m de viagem - 5,80 euros o bilhete.

Encontrei esta informação - http://www.cortonaweb.net/en/info/arriving-in-cortona:

Se chegar de comboio para Camucia, Terontola, Arezzo ou estações de trem Castiglion Fiorentino, você pode ir para Cortona aproveitando "La Spa Ferroviaria Italiana Arezzo" serviço de ônibus. Para up-to-date informações sobre o calendário e os preços dos bilhetes, procure o site da empresa www.lfi.it (apenas em italiano).

Enviei um email para o site da empresa de ônibus sobre horários, etc... Vou aguardar a resposta...

AMIGOS, CHEGOU HOJE - 27/04 - A REPOSTA DO EMAIL DA EMPRESA DE ÔNIBUS:

Gentile Sig. Jardim,

Per andare da Camucia a Cortona dovrà utilizzare le nostre linee LFS6 o LFSU4: può scaricare
gli orari completi dai seguenti link:

http://www.lfi.it/orari_linee_etr_mob/LFS6.pdf

http://www.lfi.it/orari_linee_etr_mob/LFSU4.pdf

Cordiali saluti

TRADUZINDO: Para ir de Camucia a Cortona usará nossas linhas ou LFS6 LFSU4:  você pode ver os horários nos links abaixo...

Ótimo! Não vou mais para Cortona a pé...rsrsrs

----------------------------------------------------------------------

Achei outra informação aqui: http://www.en.cortonaguide.com/cortona__26.html

Outra informação: "A estação mais próxima é Camunica-Cortona, a 6 km, aonde chegam trens de Florença. Ônibus da linha LFI (a que eu comentei acima) fazem o translado e também ligam as cidades dos arredores à Piazza Garibaldi. O preço do bilhete, em média, é de 2,60 euros." - Revista - a Viagem.


O QUE VER?

- A Câmara Municipal e torre do relógio está numa das principais praças de Cortona, Piazza della Repubblica e há cafés nas proximidades para desfrutar a vida praça.
- Cortona é ricamente dotado de magníficas igrejas em uma ampla gama de estilos arquitetônicos, incluindo duas belas igrejas da Renascença, Santa Maria Nuova , desenhado por Giorgio Vasari , que começou em 1554, e Santa Maria delle Grazie, construída em 1484 -1515 por Francesco di Giorgio Martini para a casa do desempenho da imagem milagrosa da Virgem Maria, a "Madonna del Calcinaio".
- Museo dell Accademia Etrusca: exibe objetos etruscos e grande variedade de peças egípcias e romanas.


VÍDEOS

http://www.youtube.com/watch?v=yZBgYoy2jhQ&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=XayQy5e0D-o&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=LODtznGrBLE&feature=fvwrel

http://www.youtube.com/watch?v=y1GRL8NctEc&feature=related


SITES

http://www.cortonaweb.net/en/home

http://www.cortona.com/

http://www.en.cortonaguide.com/


MAPAS

http://wazari.files.wordpress.com/2010/12/cortona-map.jpg

http://mappery.com/Cortona-Map

http://www.en.cortonaguide.com/monumenti_cortona.html

Foto: Wikipédia

AREZZO

Boa tarde, pessoal...

Vamos para Arezzo?

Arezzo é uma comuna italiana da região da Toscana, província de Arezzo, com cerca de 91 582 habitantes. Estende-se por uma área de 386 km²(38600 Hectares), tendo uma densidade populacional de 237 hab/km². Faz fronteira com Anghiari, Capolona, Castiglion Fibocchi, Castiglion Fiorentino, Città di Castello (PG), Civitella in Val di Chiana, Cortona, Laterina, Marciano della Chiana, Monte San Savino, Monte Santa Maria Tiberina (PG), Monterchi, Subbiano.

Achei muito boa esta descrição do site http://viajeaqui.abril.com.br/destinos/arezzo :

Quem assistiu ao filme A Vida é Bela, dirigido e protagonizado por Roberto Benigni, certamente vai achar tudo por aqui muito familiar: a primeira parte foi toda ambientada no centro histórico, com suas ruinhas e lindas praças por onde Guido Orefici desfilava de bicicleta declarando-se para Dora. Para ir direto ao que interessa, melhor se concentrar neste trecho da cidade (que, ao contrário do que aparenta num primeiro momento, tem cerca de 90 mil habitantes e é bem grandinha). Uma vez por ali, a sensação é de ter voltado no tempo. Cantinas com floreiras nas janelas, empórios de vinhos e massas, cafés à moda antiga e antiquários enfileiram-se a cada rua. Imperdível conferir o ciclo de afrescos de Piero della Francesca na igreja de San Francesco, pintados entre 1453 e 1466, e conferir a fachada românica da Pieve de Santa Maria, do século 12, onde se destaca o seu campanário de 36 metros de altura (um adendo que veio dois séculos mais tarde). No fim, tudo converge para a Piazza Grande, a praça principal, cercada de galerias, onde todo primeiro domingo do mês acontece uma ótima feira de antiguidades.


COMO CHEGAR?

- De Florença a Arezzo: de Trem; 1h30 de duração; 5,80 euros.


O QUE VER?

- Igreja de San Francesco: abriga um dos mais grandiosos cicloes de afrescos italianos, a Lenda da Cruz Verdadeira, obra-prima de Piero della Francesca. Os afrescos contam a história da Cruz em que Cristo foi crucificado.
- Piazza Grande: o centro de Arezzo, com suas ruas íngremes.
- Palazzo della Fraternitá dei Laici: Apresenta um relevo de uma Madonna, de Vernardo Rossellino.
- Duomo: Famoso pelo seu vitral do século 16 e por um pequeno afresco de Maria Madalena, de Piero della Francesca. O Museo del Duomo apresenta três crucifixos de madeira dos séculos 12 e 13 e pinturas de Vasari.
- Casa di Vasari: construída pelo artista em 1540.


VÍDEOS

http://www.youtube.com/watch?v=xCLvqFNN_7o

http://www.youtube.com/watch?v=YhS8fn7KkbI&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=X1Kcd_EH5kQ&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=iHJpA0Hoe-Y



SITES

http://www.arezzoturismo.it/php/

http://www.comune.arezzo.it/

http://www.arezzocitta.com/


MAPAS:

http://mappery.com/Arezzo-Map-2

http://mappery.com/map-of/Arezzo-Map

http://www.culturaitaliana.eu/IMG/jpg/arezzo-mappa.jpg

Foto: Wikipédia

quinta-feira, 21 de abril de 2011

LUCCA

Boa tarde, pessoal...

Agora, vamos para LUCCA:

A província de Lucca é uma província italiana da região de Toscana com cerca de 372 244 habitantes, densidade de 210 hab/km². Está dividida em 35 comunas, sendo a capital Lucca.

Faz fronteira a norte com a região da Emília-Romanha (província de Reggio Emilia e província de Modena), a este com a província de Pistoia e província de Florença, a sul com a província de Pisa e a oeste com o Mar Tirreno e a província de Massa-Carrara.

O traçado regular das ruas de Lucca ainda segue o padrão da antiga colônia romana, fundada em 180 a. C. Muralhas maciças, construídas entre os séculos 16 e 17, ajudam a impedir o trânsito de carros e favorecem os passeios a pé. San Michele in Foro - uma das muitas igrejas românticas locais - foi erguida no lugar do Fórum Romano, a principal praça da cidade ainda hoje.

COMO CHEGAR?

- De Florença à Pisa - Trem; duração da viagem: 1h20m; Preço: 5,20 euros.
- De Pisa (onde eu estarei): de Pisa Centrale (estação) à Lucca - Trem; duração: 25m; Preço: 2,70 euros.


O QUE VER?

- Duas grandes atrações de Lucca: suas muralhas e o centro histórico. Pode-se caminhar, sem pressa, e admirar alguns dos mais belos edifícios medievais e renascentistas da Toscana.
- Piazza Napoleone: Esta praça tem o nome de Napoleão, cuja irmã, Elisa Baciocchi, governou Lucca de 1805 a 1815.
- Palazzo Guinigi: Pertenceu a família que, durante muitos anos, governou Lucca. Fica ao lado da Torre do mesmo nome.
- San Martino: O Duomo do século 11 da cidade destaca-se como um dos exuberantes exemplos do estilo romântico de Pisa.
- San Michele in Foro: Esta Igreja exibe uma mistura de colunas de mármore retorcidas e incrustadas, compondo uma das mais exuberantes fachadas de Lucca.
- Casa de Puccini: A bela casa do século 15 onde nasceu Giácomo Puccini (1858-1924) foi transformada em um santuário do grande compsitor de ópera.
- San Frediano: A impressionante fachada desta igreja possui um mosaico colorido do século 13. Aqui está o Volto Santo - uma escultura que seria da época da crucificação de Cristo.


SITES

http://www.luccatourism.eu/

http://www.comune.lucca.it/

http://www.provincia.lucca.it/


VÍDEOS

http://www.youtube.com/watch?v=G1PIYehcQ5o

http://www.youtube.com/watch?v=Vsnv4rkC-LQ&feature=related

http://www.youtube.com/watch?v=MsDiAXd8xRM&feature=related


MAPAS

http://blog-italia.com/wp-content/uploads/2010/02/mapa_lucca2.jpg

http://nuestrasescapadas.files.wordpress.com/2009/06/mapa-lucca1.jpg

http://1.bp.blogspot.com/_iMx5VqPKbIo/S-daTrhNnBI/AAAAAAAAApU/iKx7oGMge98/s1600/13+-+mapa+lucca.jpg

Lucca será mais ou menos como Pisa: eu quero passear, sem pretensões, correrias... Andar pelo centro histórico, tomar um sorvete, comprar lembrancinhas, sentar em alguma praça e fazer um lanche... Calmo e tranquilo...

Texto: Wikipédia e Guia - Folha de São Paulo

PISA

Como são cidades que passarei apenas um dia - ou meio dia - colocarei todas as informações em apenas um post. Não vou extender com tudo o que a cidade possui, até porque não terei tempo para todas as atrações!

Vamos começar a desbravar a Toscana... Iniciamos com a famosa cidade da torre inclinada...

PISA

Vamos as informações da Wiki?

A torre pendente de Pisa (em italiano Torre pendente di Pisa), ou simplesmente, Torre de Pisa, é um campanário (campanile ou campanário autônomo) da catedral da cidade italiana de Pisa. Está situada atrás da catedral, e é a terceira mais antiga estrutura na praça da Catedral de Pisa (Campo dei Miracoli), depois da catedral e do baptistério.

Embora destinada a ficar na vertical, a torre começou a inclinar-se para sudeste logo após o início da construção, em 1173, devido a uma fundação mal construída e a um solo de fundação mal compactado, que permitiu à fundação ficar com assentamentos diferenciais. A torre atualmente se inclina para o sudoeste.

A altura do solo ao topo da torre é de 55,86 metros no lado mais baixo e de 56,70 metros na parte mais alta. A espessura das paredes na base mede 4,09 metros e 2,48 metros no topo. Seu peso é estimado em 14 500 toneladas. A torre tem 296 ou 294 degraus: o sétimo andar da face norte das escadas tem dois degraus a menos. Antes do trabalho de restauração realizado entre 1990 e 2001 a torre estava inclinada com um ângulo de 5.5 graus,estando agora a torre inclinada em cerca de 3.99 graus. Isto significa que o topo da torre está a uma distância de 3.9m de onde ele estaria se a torre estivesse perfeitamente na vertical.

Para saber mais da história e da construção: http://pt.wikipedia.org/wiki/Torre_de_Pisa


COMO CHEGAR? Partindo de Florença:

De trem - 8,70 euros (1ª classe); 5,70 (2ª classe)
A viagem dura mais ou menos 1 hora
Bilhetes: http://www.trenitalia.it/

Ao desembarcar, você pode escolher:
- Ir a pé até o centro da cidade ou
- Pegar o ônibus 1,3,11 ou o Lam Rossa: deixam na entrada da torre (informação: http://blogjunto.com/turistaprofissional)


O QUE VER?

- A famosa Torre: Não se paga para ver a Torre (óbvio), mas para subir: 15 euros e mais 298 degraus.
- Campo dei Miracoli: Formado pelo Duomo, o Camposanto, o Batistério e a Torre. História e fotos: http://pt.wikipedia.org/wiki/Campo_dei_Miracoli
- Mais atrações nos sites recomendados abaixo.


ENTRADAS

As entradas são vendidas individuais ou combinadas:

Preços: http://www.opapisa.it/it/organizza-la-tua-visita/informazioni-pratiche/tariffe-e-agevolazioni.html
 
Horários: http://www.opapisa.it/it/organizza-la-tua-visita/informazioni-pratiche/orari.html
 
 
VÍDEOS LEGAIS:

Benvenuti a Pisa: http://www.youtube.com/watch?v=OUSptudJt0M&feature=player_embedded

http://www.youtube.com/watch?v=T-lAwEaVuXg

http://www.youtube.com/watch?v=GA3WJmQEuXU&feature=related

Um dia em Pisa: http://www.youtube.com/watch?v=L64KUlRXKuA&feature=fvwrel

As escadas da Torre: http://www.youtube.com/watch?v=nvi8IqzIqx8&feature=related

A torre à noite: http://www.youtube.com/watch?v=D8bS18q1y20&feature=related

E, para encerrrar a série de vídeos, quem lembra? hahaha: http://www.youtube.com/watch?v=_M69ktjqSWA&feature=related


SITES:

http://www.opapisa.it/

http://www.pisaunicaterra.it/

http://www.yourwaytopisa.com/

http://www.towerofpisa.info/

http://www.pisaonline.it/


MAPAS:

http://www.hot-map.com/it/pisa

http://www.pisaturismo.it/site/Cartina_Pisa.pdf


Para ser bem sincero, não quero visitar museus, palácios, etc... em Pisa. Quero passear, deitar no gramado, ver a Torre, lojinhas... Pelo o que eu vi, meio dia é o suficiente... Mas, se você quiser algo mais aprofundado, veja nos sites que estou indicando: possuem todas as atrações de Pisa!

Roteiro pela Toscana - Final

Boa tarde, pessoal...

Depois da ajudinha da minha amiga Cris, meu roteiro final pela Toscana:

01 - Florença
02 - Florença
03 - Pisa e Lucca
04 - Arezzo e Cortona
05 - Siena e San Giminiano
06 - Cinque Terre
 
A partir de agora, começarei a apresentar cada cidade...
 
Vou começar com PISA...
 
Aguardem!
 

Roteiro pela Toscana

Bom dia, pessoal...

Estou com algumas dúvidas - óbvio, rs... - em relação aos meus bate-e-voltas partindo de Florença. Claro que perguntei para quem entende do assunto e escrevi um email para a Cris - do http://www.noticiasdabota.com/ - Compartilho com vocês pois a ajuda da Cris, como sempre, é um verdadeiro "banho" de conhecimento:

Oi Cris, tudo bem?
Escrevo para pedir ajuda...rsrsrs
deixei meu roteiro assim:
1 dia - Florença
2 dia - Florença
3 dia - Pisa e Lucca
4 dia - Cortona, Arezzo e Siena
5 dia - San Giminagno e Volterra
6 dia - Cinque Terre...

O que você acha? Eu consigo fazer essas cidades, como no dia 4, tudo em em dia? Para essas cidades tem ônibus ou trem que partem de Florença? Os ônibus são da empresa Atrapalo? Desculpe pelas perguntas, mas foram dúvidas que surgiram e só pensei em vc para responder...rs
obrigadão

A resposta:

Ola Marcio!

Vamos ver se consigo te ajudar!

De Firenze voce consegue conduçao para todos os lugares, mas como voce vai fazer "escalas" em alguns pontos, vamos pesquisar juntos pra ver se vai ser possivel.

1 dia - Florença
2 dia - Florença
Talvez seja um pouco apertado dois dias para Firenze, ja que voce quer visitar os museus e ir até a região de Chiante! Se bem que no verao os dias sao mais longos e vc podera aproveitar tudo ate as 22 horas.

3 dia - Pisa e Lucca
Aqui è super tranquilo! Voce pode fazer o trajeto de trem! Eu faria o seguinte percurso de trem:
Firenze - Pisa Centrale
Pisa - Lucca
Lucca - Firenze

Iria a Pisa primeiro, porque nao tem tanta coisa pra se ver e voce faria tudo mais rapido, deixaria Lucca por ultimo, que o bonito de Lucca è caminhar pelo centro historico que è um pouco grandinho. Assim que voce chegar la, pegue um mapa no atendimento a turista, è gratuito e voce vai se perder no meio de tantas ruelas.

De Pisa centrale ate a Praça dos Milagres voce pode ir de onibus (05 min) ou pode fazer uma pequena caminhada que nao è longe.

4 dia - Cortona, Arezzo e Siena
Esse è o dia mais critico! Pode ser que de pra fazer, mas vai ficar um pouco apertado!
Eu deixaria Siena por ultimo, que è a cidade maior e vc vai perder mais tempo! O ideal seria alugar um carro, porque de Arezzo pra Siena vc vai gastar 03 horas de trem.

Se vc quiser fazer as 03 cidades, acorde cedissimo e pegue o primeiro trem. Tem trem a partir das 5 horas da madrugada! ahahaha Brincadeirinha, voce pode ir mais tarde! Falando serio, parta cedo pra dar tempo de fazer tudo! Dependendo do trem, voce pode fazer esse percurso em 30 min ou em 1:30hs. Pesquise no site antes qual o melhor horario e faça tudo cronometrado.

O centro historico de Arezzo è pequeno e vc ira fazer super veloz. Eu nunca fiz o trajeto ArezzoxCortona de trem ou de onibus, por isso nao sei te aconselhar direito. Tem trem para Camucia que è uma fraçao de Cortona, mas nao sei se è proximo do centro historico (na Wikipedia diz que sao 04 km). Talvez seja melhor procurar um onibus para fazer esse trajeto.

FirenzexArezzo. Trem
ArezzoxCortona Onibus ou trem. Quando vc chegar em Arezzo, pergunte no quiosque de turismo qual è a melhor forma de chegar a Cortona)
Cortona x Siena - Eu nao sei se è melhor vc ir de trem o de onibus. Se vc sai de Firenze para Siena, è melhor ir de onibus, que è mais rapido. Se informe no Ufizzio turismo na estaçao de Arezzo.

5 dia - San Giminagno e Volterra
Partindo de Firenze para San Gininagno de onibus SITA (a sede da Sita fica proximo a estaçao SMN em Firenze. No link abaixo voce consegue ver os horarios. Sita (onibus) FirenzeX S. Saminagno
http://www.sitabus.it/sita-toscana/Firenze-S%20Gimignano2010.pdf

De SG para Volterra nao tem trem, mas deve ter algum onibus. Nao è possivel que nao tenha, pq nao è muito longe. O problema è que nao deve ter muitos horarios.

De Volterra vc pode retornar a Firenze de Trem. Mais ou menos 03 horas de viagem.

6 dia - Cinque Terre...
Nao tem trem direto de Florença para Cinque Terre. Voce tera que fazer uma conexao em Pisa centrale para uma das cinco cidades de Cinque Terra. Eu nao sei qual delas vc escolheu pra visitar. Voce pode comprar um unico bilhete de Florença para Cinque Terre, mas tera que descer em Pisa Centrale e trocar de onibus.

As 05 cidades sao essas:
Vernazza
Corniglia
Manarola
Riomaggiore
Monterosso al Mare

Baci!

É ou não é uma ajuda EXTRAORDINÁRIA???
Muito obrigado, Cris.

terça-feira, 19 de abril de 2011

O Batistério de São João

Boa tarde, pessoal...

Fazendo algumas pesquisas, encontrei O Portão Leste do Batistério...

O que é isso?

Convidamos nossa amiga Wiki, que vem vestida de coelhinha da Páscoa, contar o que é...

O Batistério de São João é um prédio religioso em Florença, na Toscana, Itália. Acredita-se que é o mais antigo prédio da cidade e é famoso por suas magníficas portas de bronze. Fica na Piazza del Duomo, a oeste da Santa Maria del Fiore.

Por um longo tempo acreditou-se que o batistério era, na verdade, um templo romano dedicado a Marte. Menciona-se que Dante Alighieri tenha sido o criador dessa lenda. Contudo, essa era uma idéia errônea. Escavações no século XX mostraram que o Batistério era uma torre de guarda, parte de uma muralha que protegia a cidade. A construção mais próxima à atual foi feita e consagrada em 1059 pelo Papa Nicolau II. Os mármores foram trazidos de Fiesole. Uma lanterna octogonal foi adicionada ao teto do pavilhão em 1150. Nos séculos XIV e XVI três portas de bronze foram adicionadas.

O batistério é uma construção octogonal que simboliza o oitavo dia (octava dies), o tempo da Ascensão de Cristo. Simbolizava a vida eterna, que é dada pelo batismo. O estilo da igreja serviu como protótipo para a construção, por Leone Battista Alberti, de outras igrejas românicas na Toscana. O exterior é decorado por estátuas de Andrea Sansovino, Giovan Francesco Rustici e Vincenzo Danti.

OS PORTÕES...

Em 1329, Andrea Pisano, recomendado por Giotto, recebeu a encomenda de projetar as primeiras portas (Portas Sul). A execução durou seis anos e foi finalizada em 1336. Consistem em 28 painéis quadrangulares, representando cenas da vida de São João Batista e as virtudes. Os relevos foram adicionados por Lorenzo Ghiberti em 1452. Vincenzo Danti criou as estátuas acima das portas em 1571.

Em 1401, uma competição foi anunciada para a execução das Portas Norte do Batistério. Competiram sete escultores, entre eles Lorenzo Ghiberti, Filippo Brunelleschi, Donatello e Jacopo della Quercia. Ghiberti, então com 21 anos, ganhou a encomenda. Brunelleschi ficou tão desiludido com a perda da encomenda que partiu para Roma para estudar arquitetura e nunca mais esculpiu. Ghiberti levou 21 anos para finalizar as portas. São novamente 28 painéis, agora com cenas do Novo Testamento. Antonio Paolucci as descreveu como o mais importante evento da história da arte de Florença no primeiro quarto do século XV. As estátuas de bronze acima das portas norte foram feitas por Francesco Rustici, com assistência de Leonardo da Vinci.

Ghiberti tornou-se então uma celebridade e o artista máximo em seu campo. Em 1425 recebeu uma segunda encomenda: as Portas Leste, que ele executou com a ajuda de Michelozzo e Benozzo Gozzoli. São dez painéis com cenas do Velho Testamento e que utilizaram a nova técnica da perspectiva para que os painéis adquirissem profundidade. Michelangelo se referiu a essas portas como As Portas do Paraíso, nome que permanece até hoje.

As portas agora no Batistério são cópias das originais que foram removidas em 1990 porque estavam entrando em estado de deterioração. As portas originais estão no Museo dell'Opera del Duomo, preservadas em contêiners cheios de nitrogênio. No topo das Portas do Paraíso está um grupo de estátuas que reproduzem O Batismo de Cristo, por Andrea Sansovino, e que foram finalizadas por Vincenzo Danti e Innocenzo Spinazzi


O Batistério de São João

Os portões do Paraíso

Texto e fotos: Wikipédia

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Entrando no clima: Queijos e vinhos...

Boa tarde, meus amigos...

Recebi um comentário que eu concordei, depois de uma análise:

"Márcio, faz tempo que não vejo um post Entrando no clima..."

E neste final de semana, o assunto já foi resolvido...

Quando eu viajei para a Espanha, eu engordei cinco quilos... e olha que eu caminhava feito um camelo no deserto todos os dias para ver todas as atrações turísticas... Um dos grandes culpados para este excesso de bagagem, foi um dos meus vícios mais antigos: queijos... Amo de paixão louca! Quanto mais "mofado e fedido" mais eu amo...rsrs

Meu lanche da tarde espanhol era - todo dia - um pacote de mini torradas comprado no supermercado e queijos... queijos... e mais queijos... De todos os tipos, cheiros, sabores e temperos... Eu sentava em uma praça com um bom copo de Caña com limón (bebida dos deuses: cerveja com fanta de limão... ) e me deliciava, vendo as pessoas andarem, admirando a praça...

Havia um queijo - esqueci o nome - que era uma bolinha negra um pouco achatada, dura com pedra... Quando eu vi pela primeira vez, jamais imaginei que aquilo era para comer... A moça do supermercado pegou uma faca, cortou uma tampa na parte achatada e dentro - como se fosse o pote de ouro dos gnomos no fim do arco íris - eu descobri um queijo fundido que, desculpem o termo, era um prazer orgásmico... Dos cinco quilos, 2 com certeza foram por causa deles... (Ah, e um quilo foi culpa de uma bolacha maria recheada com chocolate... rs)

Agora, imagina na Itália???

Para comemorar meus 20 quilos que ganharei, fizemos um Festival de Queijos e vinhos lá em casa... Fiz uma receita italiana que minha amiga Marina me ensinou (dificílima...) que possui um nome bem brasileiro: "Chinelos de Berinjela" - você pega uma berinjela, corta no sentido horizontal (um chinelo), coloca em uma assadeira, derrama um pouco de azeite de oliva, coloca um queijo de sua preferência (escolhi o Gouda), tomate em rodelas, óregano e manjericão... e taca no forno!!!

Juntamente com o Chinelo, colocamos pedaços de queijo Brie, Provolone e Parmesão no prato... Dois vinhos para acompanhar (claro né, um só para degustação não dá)... e, concluímos que a felicidade existe... Para celebrar a Toscana, um dos vinhos homenageava Montepulciano... aquela cidadezinha pertinho de Florença... Ô, vida bôa!!! rsrs Confira abaixo:


Fotos: minhas, com produção do Eduardo... -
porque este blog é chiquê já conta com produção...hahaha

domingo, 17 de abril de 2011

Ótima hospedagem em Roma - MAISON VATICANA

Boa tarde, pessoal...

O blog Tô indo para a Itália está divulgando mais um lugar para se hospedar na Itália...
É o MAISON VATICANA, em Roma... A proprietária é brasileira, o que conta muitos pontos...

Aqui está o site - em português - http://www.maisonvaticana.com/portuguese/

Existem TARIFAS PROMOCIONAIS para brasileiros. APROVEITEM!!! 

Para aproveitar estas ofertas, mande um email para:

info@maisonvaticana.com

...e diga que você encontrou o hotel aqui no blog!!!

Veja a descrição dos quartos: Este moderno e encantador B&B oferece quartos que foram recentemente reestruturados,e sao espaçosos e confortaveis. Todos os quartos possuem piso parquet e apresentam um estilo moderno e acolhedor. Juntamente com ampla iluminaçao o que oferece uma estadia tranquila em nossas acomodaçoes. Todos os quartos estao posicionados para um patio tranquilo o que revela um ambiente de paz e relaxamento, longe da agitaçao das ruas da cidade. Alèm disso, os quartos oferecem Tv satelite em varias linguas, ar condicionado e controle climatico, conexao à cabo Wi-fi, banheiros privados, frigobar, torradeira, chaleira e cafeteira, entre,outros serviços.

Minha opinião: Pelo site, eu gostei muito dos quartos... principalmente dos banheiros...

Veja fotos dos quartos e do banheiro aqui: http://www.maisonvaticana.com/portuguese/photo-gallery.htm

E vídeo do Maison aqui: http://www.maisonvaticana.com/portuguese/video-tour.htm

Eu gostei muito da localização... Ao lado do Vaticano. Veja aqui: http://www.maisonvaticana.com/portuguese/location.htm

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Piazza della Signoria e Piazzale Michelangelo

Vamos aos museus ao céu aberto de Florença?

PIAZZA DELLA SIGNORIA
É o melhor museu a céu aberto de Florença. Entre a imponência do Palazzo Vecchio e um dos melhores chocolates quentes do mundo (o do Café Rivoire), estão esculturas célebres do Renacimento (ou suas cópias), como a do duque de Médici no seu cavalo, de Giambologna; a fonte de Netuno, de Ammannati; Il Marzocco, de Donatello; O Rapto das Sabinas, de Giambologna; e a cópia da mais famosa delas, o Davi, de Michelangelo.



PIAZZALE MICHELANGELO
Do alto desta colina é possível admirar todo o centro histórico, ter uma visão privilegiada do Rio Arno e observar tranquilamente o Davi, de Michelangelo (mais uma cópia, claro), sem milhares de turistas na sua frente.



Texto: Adaptado do guia Viagem - Itália
Fotos: Wikipédia

A Ponte Vecchio...

Você conhece a Ponte Vecchio? Não???
Ah, então você vai conhecer agora...
É extremamente necessário para quem está indo à Florença...

Amiga Wiki? (Para vocês que não conhecem, a Amiga Wiki é a Wikipédia)
Sim, Márcio

Como você está?
Incrivelmente sábia...

Ah, então você pode apresentar para a gente a Ponte Vecchio?
Evidentemente que sim... Vamos lá:

A Ponte Vecchio (Ponte Velha) é uma Ponte em arco medieval sobre o Rio Arno, em Florença, na Itália, famosa por ter uma quantidade de lojas (principalmente ourivesarias e joalharias) ao longo de todo o tabuleiro.

Acredita-se que tenha sido construída ainda na Roma Antiga e era feita originalmente de madeira. Foi destruída pelas cheias de 1333 e reconstruída em 1345, com projecto da autoria de Taddeo Gaddi. Consiste em três arcos, o maior deles com 30 metros de diâmetro. Desde sempre alberga lojas e mercadores, que mostravam as mercadorias sobre bancas, sempre com a autorização do Bargello, a autoridade municipal de então. Diz-se que a palavra bancarrota teve ali origem. Quando um mercador não conseguia pagar as dívidas, a mesa (banco) era quebrada (rotto) pelos soldados. Essa prática era chamada bancorotto.

Durante a Segunda Guerra Mundial, a ponte não foi danificada pelos alemães. Acredita-se que tenha sido uma ordem direta de Hitler.

Ao longo da ponte, há vários cadeados, especialmente no gradeamento em torno da estátua de Benvenuto Cellini. O facto é ligado à antiga ideia do amor e dos amantes: ao trancar o cadeado e lançar a chave ao rio, os amantes tornavam-se eternamente ligados. Graças a essa tradição e ao turismo desenfreado, milhares de cadeados tinham de ser removidos com frequência, estragando a estrutura da ponte. Devido a isso, o município estipulou uma multa de 50 euros para quem for apanhado, em flagrante, a colocar cadeados na ponte.



Texto e fotos: Wikipédia

Atrações Turísticas - FLORENÇA - Parte 02

Continuando com as atrações de Florença...

DUOMO DE FIRENZE - Catedral Santa Maria del Fiori
Endereço: Piazza del Duomo
Site: http://www.duomofirenze.it/
Horário: http://www.operaduomo.firenze.it/opera/orari.asp
Preço: Gratuita - 8 euros para a Cúpula

A Basílica di Santa Maria del Fiore é a catedral, ou Duomo, da Arquidiocese da Igreja Católica Romana de Florença. Notabilizada por sua monumental cúpula - obra do celebrado arquiteto renascentista Brunelleschi - e pelo campanário, de Giotto, é uma das obras da arte gótica e da primeira renascença italiana, considerada de fundamenal importância para a História da Arquitetura, registro da riqueza e do poder da capital da Toscana nos séculos XIII e XIV. Seu nome (cuja tradução é Santa Maria da Flor) parece referir-se ao lilium, símbolo de Florença, mas, documento do Século XV, por outro lado, informa que “flor”, no caso, refere a Cristo.


Interior da Cúpula

BASÍLICA DI SANTA CROCE
Endereço: Piazza di Santa Croce
Horário: De segunda à Sábado das 9h30 às 17h - Domingo das 13h às 17h
Preço: 5 euros (Basílica e Museu)
Mapa: http://www.santacroceopera.it/files/materiali/pianta_santa_croce.pdf
 
A Basílica de Santa Cruz (em italiano Basilica di Santa Croce) é a principal igreja franciscana em Florença, na Itália, e uma das principais basílicas da Igreja Católica no mundo. Está situada na Piazza di Santa Croce, a lesta da basílica de Santa Maria del Fiore. É o lugar onde estão enterrados alguns dos mais ilustres italianos, tais como Michelângelo, Galileo Galilei, Maquiavel e Rossini, e assim é apelidada de Panteão das Glórias Italianas. A lenda diz que a igreja foi fundada pelo próprio São Francisco de Assis. A atual igreja foi iniciada em 1294, possivelmente por Arnolfo di Cambio e foi bancada por algumas das famílias mais ricas da cidade. Foi consagrada em 1442 pelo papa Eugênio IV. A vasta estrutura é a maior igreja franciscana do mundo. Suas características mais marcantes são as 16 capelas, muitas delas decoradas com afrescos de Giotto e seus alunos e os monumentos funerários. O campanário foi construído em 1842.


BASÍLICA DE SANTA MARIA NOVELLA
Endereço: Piazza di Santa Maria Novella
Site: http://www.smn.it/
Horário: De segunda à quinta das 9h30 às 17h - De sexta à domingo das 13h às 17h
Preço: 2,70 euros

A Basílica de Santa Maria Novella é uma igreja em Florença, na Itália. Situa-se no noroeste da parte antiga da cidade, na piazza de mesmo nome, quase junto à principal estação ferroviária florentina. No século IX, ali havia o pequeno oratório de Santa Maria delle Vigne; em 1049 foi construída a pequena Santa Maria Novella, concedida em 1221 aos dominicanos. A ampliação principia em 1279, seguindo o projeto de Fra Sisto da Firenze e Fra Ristoro da Campi. Completa em meados do século XIII, a nova igreja só é consagrada, pelo papa Eugênio IV, em 1420. Giorgio Vasari foi o arquiteto da reforma levada a cabo entre 1565 e 1571, que removeu o recinto do coro e reconstruiu os altares laterais. Já entre 1858 e 1860, reformou-se novamente a basílica, sob ordens de Enrico Romoli. O interior, em forma de cruz latina, é subdividido em três naves, a central com cem metros de comprimento. Artistas que aí trabalharam incluem Filippo Brunelleschi, Domenico Ghirlandaio, Masaccio, além do próprio Vasari.


BASÍLICA DE SAN LORENZO
Endereço: Piazza di San Lorenzo
Site: http://www.sanlorenzo.firenze.it/
Horário: De Segunda à Sábado, das 10h às 17h
Preço: 2,50 euros

A Basílica de São Lourenço (em italiano Basilica di San Lorenzo) é uma igreja do início do Renascimento, concebida por um dos maiores arquitectos desta época, Filippo Brunelleschi, sobre uma pequena igreja fundada por Santo Ambrósio no ano de 393. As obras foram iniciadas em 1419, com o patrocínio de Cosme, o Velho, Médici, e foram terminadas em 1460 por Antonio Manetti, que respeitou fielmente o plano inicial. Está integrada no centro histórico de Florença, local classificado Património Mundial pela UNESCO, juntamente com a catedral e os palácios Médici-Riccardi, Pitti e Uffizi.


CAPPELLA BRANCACCI
Endereço: Piazza del Carmine
Site: -*-
Horário: De segunda à sexta, das 9h às 17h - Sábado e domingo, das 9h às 18h
Preço: 4 euros

A Capela Brancacci é uma capela na Igreja de Santa Maria del Carmine, em Florença. É muitas vezes chamada de Capela Sistina do começo da Renascença. A construção foi encomendada por Pietro Brancacci, e começou em 1386. Masolino da Panicale foi contratado para pintar a Capela, junto com seu assistente, Masaccio. Esse último era tão bom pintor, que Masolino deixou a obra e ela foi dada inteiramente a Masaccio. Contudo, Masaccio foi chamado a Roma antes de concluir a obra e morreu aos 27 anos. Porções da Capela foram finalizadas por Filippino Lippi.

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...